2509: Rolo de Carne Recheado

– Em alguns supermercados, existem rolos de carne recheados, temperados e prontos a cozinhar. Para quem pretenda uma refeição rápida, sem ter de mexer em tachos e panelas, esta é uma de várias soluções. Aproveitei um saldo deste tipo de alimento. adicionei batatas e foi ao forno. Nada de especial, mas económico.

ingredientes

Ingredientes:

– 1 rolo de carne de bovino recheada com queijo e fiambre (600 g)
– 750 g de batata nova para assar

Ingredientes para o tempero:

– azeite q.b.
– 3 colheres de sopa de massa de pimentão
– 1 colher de sopa de mostarda de Dijon
– 1 ½ dl de vinho branco
– alho moído, estragão, alecrim, aneto, tomilho, cominhos e paprika q.b.
– sal marinho e pimenta branca q.b.

Preparação:

01.- Unte o fundo de um tabuleiro refractário com azeite.

02.- Num recipiente, junte todos os ingredientes do tempero e misture tudo muito bem. Ligue o forno a 180ºC.

03.- Coloque o rolo de carne no tabuleiro, à volta disponha as batatas com um golpe na diagonal e verta o molho de tempero por cima do lombo e das batatas.

04.- Leve ao forno e deixe assar durante 40 minutos, dependendo do tipo de forno utilizado. Retire, fatie o lombo e sirva de imediato.

E sai mais uma dose de Aletria Doce sem Ovos

000-tempo-transp± 50′  000-econo-transp económico  000-dific-transp fácil

Reportagem foto/vídeo:

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação Apok@lypsus.

© 15.Dez.2018

cropped-logonew03_transp.png

2508: Rabanadas

ingredientes

Ingredientes:

– 1 cacete
– 4 ovos
– leite q.b.
– 1 colher de sopa de vinho do Porto
– 1 colher de chá de canela em pó
– óleo para fritar q.b.
– açúcar e canela para polvilhar q.b.

cook-check

Preparação:

01.- Leve ao lume uma fritadeira com óleo abundante e deixe aquecer.

02.- Num prato, misture o leite com o vinho do porto e a canela. Bata os ovos noutro recipiente. Passe as fatias de pão pela mistura do leite e depois, pelos ovos batidos.

03.- Frite as fatias no óleo quente, virando-as de ambos os lados até ficarem douradinhas.

04.- Escorra as rabanadas sobre papel absorvente e polvilhe-as com açúcar e canela.

000-tempo-transp± 30′  000-econo-transp económico  000-dific-transp fácil

Reportagem foto/vídeo:

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação Apok@lypsus.

© 14.Dez.2018

cropped-logonew03_transp.png

2507: Arroz de Alheira

ingredientes

Ingredientes:

– 2 alheiras
– 200 g de cogumelos
– 1 emb. de ervilhas
– 200 g de arroz cozido
– 1 cebola
– 2 dentes de alho
– coentros frescos picados q.b.
– 1 colher de sopa de azeite
– sal e pimenta q.b.

cook-check

Preparação:

01.- Descasque os cogumelos com uma colher (em vez de os lavar para não absorverem a água da lavagem). Lamine os cogumelos. (no meu caso, utilizo sempre cogumelos congelados, dispensando esta fase). Tire as peles às alheiras e corte-as às rodelas.

02.- Num tacho aquecido com um fio de azeite, deite a cebola picada, depois as rodelas de alheira, os alhos picados e deixe tudo tomar cor. Vire as rodelas ao contrário para dourarem de maneira uniforme e continue a refogar.

03.- No mesmo tacho, adicione os cogumelos laminados, os coentros, o arroz (nesta receita temos o arroz branco já cozinhado), as ervilhas (de lata bem escorridas) e mais um fio de azeite.

04.- Envolva todos os ingredientes muito bem e deixe refogar adicionando uma pitada de sal e pimenta. Sirva de seguida, directamente do tacho para os pratos.

– Se se utilizam ervilhas congeladas, penso que o simples refogar sem líquido, não deve resultar, por isso, também cozi previamente as ervilhas e aconselho a que façam o mesmo.

– A mesma receita (tirada a papel químico) nestes dois sites

Sapo Lifestyle
https://lifestyle.sapo.pt/sabores/receitas/arroz-de-alheira

Chef Continente
https://chef.continente.pt/receitas/arroz-de-alheira

000-tempo-transp± 20′  000-econo-transp económico  000-dific-transp fácil

Reportagem foto/vídeo:

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação Apok@lypsus, baseada numa receita publicada em dois sites diferentes mas com o mesmo texto (ver nota acima).

© 13.Dez.2018

cropped-logonew03_transp.png

 

2506: Farinheira com Cogumelos e Ovos Mexidos

– Em tempo de crise, há que geri-la da melhor forma possível, por isso, esta receita tanto pode ser considerada como uma entrada/petisco ou como uma refeição principal quando acompanhada com uma guarnição, neste caso, de legumes. Fica a dica.


ingredientes

Ingredientes:

– 1 farinheira
– 300 g de champignons de Paris
– 50 g de margarina
– 100 g de cebola em cubos
– 4 ovos
– 5 colheres de sopa de azeite
– salsa fresca picada q.b.
– alho moído e cominhos q.b.
– tabasco q.b.
– sal marinho e pimenta de misturas q.b.

cook-check

Preparação:

01.- Num tacho ao lume, deite a margarina, o azeite, deixe derreter, adicione a cebola e deixe amaciar.

02.- Tire a pele à farinheira e corte-a em pedaços.

03.- Quando a cebola começar a alourar, junte os cogumelos, tempere com Tabasco e salteie mexendo com frequência. Adicione os pedaços da farinheira, desfaça-a com a ajuda de uma colher de pau e deixe cozinhar durante 5 minutos.

04.- Parta os ovos para uma tigela, tempere com uma pitada de sal, alho moído, cominhos e pimenta, adicione salsa fresca picada e bata com a vara de arames. Adicione os ovos ao preparado dos cogumelos e farinheira, envolva tudo muito bem e deixe cozer os ovos mexendo sempre. Sirva de imediato com um trio de legumes (brócolos, couve-flor. romanesco) e cenoura-baby cozidos, temperados com azeite aromatizado com ervas aromáticas.

000-tempo-transp± 25′  000-econo-transp económico  000-dific-transp fácil

Reportagem foto/vídeo:

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação Apok@lypsus.

© 12.Dez.2018

cropped-logonew03_transp.png

2505: Lombinhos de Porco com Cogumelos

ingredientes

Ingredientes:

– 400 g de lombinhos de porco fatiados
– 200 g de cogumelos laminados
– 1 saqueta de sopa de cebola
– azeite q.b.
– 200 ml de natas
– 5 dentes de alho
– 1 cubo tempero alho, louro e pimentão
– 1 folha de louro
– 1 colher de chá de pimentão-doce
– 2 dl de vinho branco
– sal marinho q.b.

cook-check

Preparação:

01.- Tempere os lombinhos com sal, os alhos pisados, o louro, o pimentão-doce e a sopa de cebola. Cubra com o vinho branco, tape e deixe marinar o maior tempo possível ou de véspera (no frigorífico).

02.- Num tacho ao lume, cubra o fundo com azeite, adicione o cubo tempero, deixe aquecer, junte os lombinhos escorridos da marinada e salteie bem dos dois lados.

03.- Reduza o lume, adicione ao tacho a marinada e deixe cozinhar para a carne tomar sabor. Caso necessário e esteja seco, adicione mais vinho branco.

04.- Entretanto, numa frigideira, salteie os cogumelos em azeite com o alho picado, até perderem a água. Junte-os depois à carne no tacho, adicione as natas, rectifique temperos e sirva de seguida com uma guarnição de batatas Rösti assadas no forno.

000-tempo-transp± 30′  000-econo-transp económico  000-dific-transp fácil

Reportagem foto/vídeo:

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação Apok@lypsus.

© 10.Dez.2018

cropped-logonew03_transp.png

2504: Lombos de Pescada Cozida com Legumes

ingredientes

Ingredientes:

– 4 lombos de pescada
– 500 g de Trio de Fleurettes (¹)
– 400 g de cenoura baby
– azeite q.b.
– 1 cebola
– 1 colher de chá de alho picado
– pimenta em grão q.b.
– 1 colher de sopa de salsa fresca picada
– 1 folha de louro
– sal marinho q.b.
– ovos cozidos (um por pax, opcional)

cook-check

Preparação:

01.- Descongele os lombos de pescada. Num tacho com água ao lume, junte sal, a cebola cortada grosseiramente, o alho, a pimenta, a salsa, a folha de louro, um fio de azeite e leve a lume médio.

02.- Quando ferver, adicione os lombos de pescada, deixe o peixe cozinhar durante 5 minutos. Após o tempo decorrido, retire o tacho do lume e reserve.

03.- Num outro tacho, com água a ferver, temperada com uma pitada de sal, um fio de azeite e uma medida de tempero granulado para legumes, coza a couve-flor, os brócolos, o romanesco e a cenoura baby, durante cerca de 15 minutos. Se pretender utilizar ovos cozidos, pode juntá-los nesta fase.

04.- Quando os legumes estiverem cozidos, coe, faça o mesmo aos lombos de pescada, emprate e tempere com azeite aromatizado com ervas aromáticas e sirva de imediato.

– (¹) Trio de Fleurettes: couve-flor, brócolos e romanesco

000-tempo-transp± 35′  000-econo-transp económico  000-dific-transp fácil

Reportagem foto/vídeo:

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação Apok@lypsus.

© 09.Dez.2018

cropped-logonew03_transp.png

2503: Caçarola de Grão com Especiarias

ingredientes

Ingredientes:

– 200 g de cebola em cubos
– 50 g de margarina
– 1 colher de café de piripiri moído (fica picante)
– 1 colher de sobremesa de açafrão-das-índias
– 1 colher de chá de paprika
– 1 colher de chá de cominhos em pó
– 1 colher de chá de noz-moscada
– 1 colher de chá de coentros em pó
– 400 g de tomate em cubos
– 1 lata grande de grão cozido
– 200 ml de natas
– sal marinho q.b.
– 1 embalagem de folhas de canónigos (¹)

cook-check

Preparação:

01.- Num tacho ao lume, derreta a margarina, junte a cebola e deixe cozinhar até a cebola começar a alourar. Adicione as especiarias previamente misturadas e deixe fritar um pouco, mexendo de vez em quando.

02.- Quando as especiarias começarem a libertar o aroma, junte o tomate e o grão escorrido. Tape e deixe cozinhar durante cerca de 15 minutos sobre lume brando.

03.- Adicione as natas, tempere com sal e aumente um pouco o lume. Deixe ferver durante mais 15 a 20 minutos, mexendo de vez em quando.

04.- Retire do lume, adicione os canónigos e misture bem.

(¹) – Os Canónigos são uma planta muito saborosa, nutritiva e com propriedades medicinais. Os Canónigos são uma excelente fonte de vitaminas e sais minerais, e possuem propriedades diuréticas, anti-oxidantes e depurativas.

O consumo de Canónigos é extremamente benéfico para o organismo, contribuindo para melhorar a visão, combater a anemia e controlar a ansiedade e o stress. Na cozinha, os Canónigos são muito utilizados em sandes, saladas de folhas baby, sopas, caldos de carne, sumos de vegetais, massas, arroz, entre outras utilizações.

Como não tinha canónigos em casa, saltei o último ponto da receita mas fica para a próxima.

000-tempo-transp± 40′  000-econo-transp económico  000-dific-transp fácil

Reportagem foto/vídeo:

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação Apok@lypsus, baseada numa receita publicada no site da Vaqueiro.

© 07.Dez.2018

cropped-logonew03_transp.png

 

2502: Coscorões à Moda Antiga

– Os coscorões são fritos tradicionais de Natal e Carnaval em Portugal, estando também muito presentes nos encontros semanais das colectividades e associações recreativas do país.

Existem algumas variantes da receita tradicional aqui apresentada, embora não difiram muito. Basicamente, os coscorões consistem em massa com sumo de laranja, em forma de rectângulos, que é frita e polvilhada com açúcar e canela. E em vez de aguardente, utilizei vinho do Porto.

Não efectuei o vídeo desta receita porque é difícil fazer tudo ao mesmo tempo e quando se tem de por a “mão na massa”, então ainda pior dado que não tenho operador de câmara privativo…  😆 Fica apenas a parte final da receita. É pena que a Teleculinária não disponibilize o link para o vídeo – desconheço as razões de tal procedimento -, mas quem pretender ver é seguir o link abaixo.

– Desde há 3 anos a esta data que não celebro o natal, primeiro porque não tenho alegria e disposição para tal e segundo porque virei ateu, desligado de qualquer tipo de religião.

Contudo, não tenho nada contra quem celebra esta época e estes Coscorões tanto podem ser feitos em Dezembro como em qualquer outro mês do ano.

ingredientes

Ingredientes:

– 500 g de farinha
– sumo e raspa de 1 laranja
– raspa de 1 limão
– 60 g de açúcar
– 2 ovos
– 11 g de fermento de padeiro
– 60 g de manteiga derretida
– 1 colher de café de sal
– 50 ml de aguardente velha (whisky)
– açúcar e canela em pó q.b.
– óleo para fritar

Preparação:

01.- Deitam-se os ingredientes para uma tigela e mexe-se muito bem. Depois amassa-se com as mãos ainda dentro da tigela.

02.- Tapa-se a tigela com um pano e deixa-se levedar durante uma hora.

03.- Passado o tempo, envolve-se a massa em farinha e amassa-se com as mãos.

04.- Com o rolo da massa, estica-se, corta-se em rectângulos e com a roda de cortar a massa, fazem-se 2 cortes lado a lado, no meio de cada rectângulo. Leva-se a fritar em óleo bem quente e polvilha-se com canela e açúcar.

000-tempo-transp± 60′ + 50′  000-econo-transp económico  000-dific-transp fácil

Reportagem foto/vídeo:

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação Apok@lypsus, baseada numa receita publicada no site Teleculinária.

© 06.Dez.2018

cropped-logonew03_transp.png

2501: Feijoada com Soja e Legumes

– Como já publiquei neste Blogue várias receitas de Feijoada, embora todas elas sejan ligeiramente diferentes umas das outras em termos de ingredientes, hoje apenas deixo ficar as imagens.

ingredientes

Ingredientes:

– azeite
– alho picado
– cebola em rodelas
– cubo tempero Alho, Louro e Pimentão
– 1 lata grande de feijão manteiga
– 2 chávenas de nacos de soja grossa
. 300 g de mistura de legumes (cenoura, ervilhas e feijão verde)
– 1 pitada de cominhos
– 1 colher de café de tomilho
– 3 colheres de sopa de polpa de tomate com manjericão e orégãos
– tabasco q.b.
– 2 colheres de molho de soja
– sal marinho q.b.
– 2 ovos

A preparação é a mesma de sempre, seguindo a ordem do cozinhado.

000-tempo-transp± 40′  000-econo-transp económico  000-dific-transp fácil

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação Apok@lypsus.

© 05.Dez.2018

cropped-logonew03_transp.png

2500: Aletria Doce no Robot TM31 (Bimby)

ingredientes

Ingredientes:

– 1 lt + 1 ½ dl de leite
– 200 g de açúcar
– 150 g de aletria
. 1 casca de limão
– 1 casca de laranja
– 1 pau de canela
– 1 pitada de sal
– 1 colher de sopa de margarina
– 4 colheres de sopa de farinha Custard
– canela em pó para polvilhar

Preparação:

01.- Coloque a borboleta nas lâminas. Deite no copo  o leite, a casca do limão, a casca de laranja, a margarina, o sal, o pau de canela e programe 10 Min., Temp. 90ºC, Vel. Colher  , sem o copo no bocal da tampa.

02.- Adicione o açúcar e programe mais 15 Min., Temp. 90ºC, Vel. Colher . Com o robot em movimento, deite a aletria previamente partida pelo bocal, sem o copo medida.

03.- Dissolva a farinha Custard no 1 ½ dl de leite, adicione ao copo e programe 4 Min., Temp. 90ºC., Vel. Colher .

04.- Deite a aletria numa travessa, polvilhe com canela em pó e deixe arrefecer.

000-tempo-transp± 35′  000-econo-transp económico  000-dific-transp fácil

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação Apok@lypsus.

© 05.Dez.2018

cropped-logonew03_transp.png

2499: Curgete Spaghetti

Não é nenhuma receita mas a prova de uma variedade de abóbora, usada na alimentação humana, de forma alongada, casca verde e polpa branca ou amarelada. (Equivalente no português do Brasil: abobrinha.)

É uma planta pertencente à família das cucurbitáceas, assim como a melancia, o melão, o pepino e a abóbora. Pertence ainda ao género das abóboras e costuma-se colher ainda verde.

Originou-se no continente americano, do Peru até o sul dos Estados Unidos. É um fruto de fácil digestão, rico em niacina, além de ser fonte de vitaminas do complexo B e possui pouca caloria.

Na forma que a adquiri, que nunca tinha visto, deram-lhe o nome de Curgete Spaghetti dado que o seu corte é mesmo do tipo esparguete.

Salteei em azeite com alho e cebola e ficou deliciosa para servir de guarnição a Folhados de Salsichas (com recheio de queijo), que fiz na hora.

© 04.Dez.2018

cropped-logonew03_transp.png