2536: Massada de Marisco


ingredientes

Ingredientes:

– 400 g de massa Fusilli
– 1 emb. de Preparado para Arroz de Marisco
– 1 colher de sopa de alho picado
– 100 g de cebola em cubos
– 1 dl de azeite
– 1,5 dl de água
– 200 ml de passata de tomate com manjericão e orégãos
– 50 g de de mix de pimentos verde/vermelho
– 75 ml de vinho branco
– coentros frescos picados q.b.
– 1 folha de louro
. tomilho e orégãos q.b.
– flor de sal e tabasco q.b.

cook-check

Preparação:

01.- Num tacho ao lume, deite o azeite. a cebola, o alho e deixe refogar até a cebola ficar macia.

02.- Adicione ao tacho a polpa de tomate, o caldo da embalagem da mariscada, a água, o louro, o tomilho, os orégãos, o vinho, tempere com a flor de sal, o tabasco e deixe cozinhar durante 5 minutos, mexendo de vez em quando.

03.- De seguida, acrescente as tiras de pimentos, os coentros e envolva.

04.- Quando levantar fervura, adicione a massa e deixe cozinhar durante 10 minutos. A meio da cozedura, adicione o preparado de marisco, verifique os temperos e, no final, salpique com coentros picados. Sirva de seguida.

… e a sobremesa: Aletria Doce com Chocolate e Baunilha:

… e um cafezinho com canela para não destoar…

Energia: 414 Kcal; Hidratos de Carbono: 30 g; Proteínas: 20 g;
Lípidos: 24 g

000-tempo-transp± 30′  000-econo-transp económico  000-dific-transp fácil

Reportagem foto/vídeo:

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação Apok@lypsus, baseada e adaptada de uma receita publicada no site Pescanova.

© 23.Jan.2019

 

1 Obrigado, Thank you

Arroz de Marisco… sem Marisco

– Nos tempos conturbados que correm para quem tem um orçamento extremamente reduzido não só pelo alto custo de vida, como pelo pagamento de impostos ao Estado extremamente exorbitantes, num pleno assalto aos seus baixos rendimentos, devido a políticas que continuam a favorecer os ricos e a arruinar ainda mais os pobres, fazer um Arroz de Marisco sem Marisco é obra natural para estas situações. E não é por este Arroz não ter Marisco que não ficou menos delicioso.

ingredientes

Ingredientes:

– 1 emb. 1,2,3…Sabor Arroz de Marisco
– 220 g de arroz agulha
– 100 g de cebola em cubos
– 1 colher de sopa de alho picado
– 1 cubo tempero alho e coentros
– azeite q.b.
– 600 ml de água
– 50 g de mix de pimentos verdes/vermelhos em tiras
– 1 dl de polpa de tomate com manjericão e orégãos
– 1 colher de sopa de coentros frescos picados
– 4 unidades de Delícias do Mar
– piripiri q.b.

Preparação:

01.- Num tacho ao lume, cubra o fundo com azeite, junte a cebola, o alho, o cubo tempero, os coentros e deixe refogar até a cebola ficar macia.

02.- Adicione ao tacho as tiras de pimentos, a polpa de tomate, a água, o pacote 1,2,3… Sabor Arroz de Marisco, tempere com piripiri e deixe levantar fervura, mexendo de vez em quando.

03.- Junte ao tacho o arroz, as delicias do mar cortadas em pedaços com um centímetro, envolva e deixe cozinhar durante o tempo necessário até o arroz ficar bem cozido. Estes tempos variam de acordo com o fogão ou placa de indução utilizados. Convém mexer repetidamente para o arroz não pegar. Se necessário, acrescentar água quente durante a fase final, se o arroz ainda estiver rijo.

04.- Desligue o lume ou a placa, tape o tacho e deixe em repouso durante 5 minutos. Sirva de seguida como guarnição de peixe ou carne, no meu caso, para um Gratinado de Peixe com Ervas Aromáticas.

000-tempo-transp± 40′  000-econo-transp económico  000-dific-transp fácil

Reportagem foto/vídeo:

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação Apok@lypsus.

© 15.Jan.2019

2

2524: Tarte de Bacalhau com Legumes e Natas


ingredientes

Ingredientes:

– 250 g de bacalhau desfiado
– 200 g de champignons de Paris
– 5 ovos
– cenoura baby, feijão verde, grelos salteados com alho e juliana de legumes q.b.
– 200 g de cebola em cubos
– 1 colher de sopa de alho picado
– 1 cubo tempero alho e coentros
– 200 ml de natas light
– 1 colher de sopa de coentros picados
– ½ dl de azeite
– 1 colher de sopa de farinha Maizena (amido de milho)
– queijo ralado Mozzarella q.b.
– tabasco e flor de sal q.b.

Preparação:

01.- Num tacho ao lume, deite o azeite, junte o cubo tempero, a cebola, o alho e deixe alourar. Num outro tacho ao lume com água fervente, temperada com sal e um fio de azeite, coza os legumes durante 8 minutos (cenoura baby e feijão verde), escorra e reserve.

02.- Junte os cogumelos, a juliana de legumes, os grelos e o bacalhau desfiado ao tacho do refogado, tempere com flor de sal, tabasco e deixe cozinhar em lume brando, mexendo sempre, até os cogumelos ficarem macios, mexendo de vez em quando.

03.- Numa tigela à parte bata os ovos com as natas, tempere com sal, coentros picados, adicione a Maizena e envolva até homogeneizar a mistura. Adicione ao tacho do preparado do bacalhau, cogumelos e legumes cozidos, a mistura dos ovos e envolva suavemente.

04.- Unte uma forma anti-aderente com um fio de azeite, verta o conteúdo da tigela com os ovos, polvilhe com o queijo ralado e leve ao forno durante cerca de 25~30 minutos, dependendo do tipo de forno ou até alourar. Retire do forno e sirva de seguida.

000-tempo-transp± 40′  000-econo-transp económico  000-dific-transp fácil

Reportagem foto/vídeo:

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação Apok@lypsus.

© 11.Jan.2019

1 Obrigado, Thank you

2520: Feijoada com Cubos de Pota e Camarão


ingredientes

Ingredientes:

– 1 lata grande de feijão manteiga cozido
– 500 g de Tiras de Pota
– 250 g de miolo de camarão 100/200
– 100 g de cebola em cubos
– 1 cubo de tempero alho & coentros
– 1 colher de sopa de alho picado
– 1 chouriço de carne
– 200 g de tomate em cubos
– 1 dl de polpa de tomate com manjericão e orégãos
– 200 g de cenoura baby
– 1 ½ dl de vinho branco
– azeite q.b.
– 1 folha de louro
– sumo de limão q.b.
– sal e piripiri q.b.
– coentros q.b.
– ovos (opcional, um por pax)

cook-check

Preparação:

01.- Descongele as tiras de pota e corte-as em cubos pequenos. Tempere-as com sal, pimenta e sumo de limão. Tire a pele ao chouriço e corte-o em rodelas. Num tacho ao lume, deite o azeite a cobrir o fundo, a cebola, o alho, o cubo de tempero e deixe refogar até a cebola ficar macia.

02.- Junte a cenoura baby, o miolo de camarão ao refogado do tacho e deixe cozinhar durante 5 minutos, mexendo de vez em quando. Adicione depois as rodelas de chouriço e salteie mais 3 minutos, em lume médio, mexendo. Junte o tomate em cubos, a polpa de tomate, o louro, e deixe cozinhar, tapado, em lume brando, mais 5 minutos.

03.- Adicione depois o vinho ao tacho, mexa bem durante 1 minuto, deite os cubos de pota e tempere com uma pitada de sal e piripiri. Deixe cozinhar em lume brando, tapado, durante 10 minutos, mexendo de vez em quando.

04.- Acrescente ao preparado do tacho o feijão cozido com a calda, envolva e cozinhe em lume brando durante 5 minutos, para misturar bem os sabores. Se preferir, escalfe os ovos necessários (um por pax). Retire do lume, emprate e sirva de imediato, polvilhando com coentros picados. Pode também acompanhar com uma guarnição de arroz branco.

000-tempo-transp± 45′  000-econo-transp económico  000-dific-transp fácil

Reportagem foto/vídeo:

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação Apok@lypsus.

© 04.Jan.2019

1 Obrigado, Thank you

2516: Gambão em Molho de Gengibre com Arroz de Cardamomo e Canela

– Em tempos de contenção económica devido aos vários assaltos perpetrados e executados quer por parte do actual governo, quer de fornecedores de bens essenciais, esta refeição com Gambão Argentino nem se pode considerar um luxo ou se justifica pela época que atravessamos. Porque em anos passados, não existindo restrições nem racionamentos económicos, comia-se cá em casa Gambão, camarão, gamba, ou outros mariscos em qualquer altura do ano, sem olhar a festejos de calendário. Este Gambão 20/30 que estava a € 12,99/kg, comprei-o em saldo a € 9,74, custando-me estes bicharocos €5,67 em vez de € 7,56 se estivessem a preço normal. E não, isto não é nenhuma justificação pelo marisco que hoje preparei porque não tenho de dar satisfações a ninguém. Apeteceu-me escrever. Simplesmente.

ingredientes

Ingredientes:

– 600 g de Gambão Argentino 20/30
– 2 chalotas
– 2 colheres de sopa de azeite
– 2 colheres de sopa de açúcar amarelo
– sumo de limão q.b.
– coentros q.b.
– 3 dl de água (para o molho)
– 250 g de arroz basmati
– 4 sementes de cardamomo
– 1 pau de canela
– 1 colher de chá de gengibre moído
– 5 gotas de tabasco
– sal q.b.

cook-check

Preparação:

01.- Descongele os camarões e tempere com sal e sumo de limão. Aqueça a água e reserve.

02.- Descasque e pique as chalotas e amoleça-as, ao lume, numa frigideira com azeite. Junte o gengibre e deixe refogar durante 3 minutos em lume médio, mexendo. Adicione o açúcar, a água quente e deixe ferver.

03.- Reduza o lume para brando, junte os camarões ao caldo, tempere com o tabasco e deixe cozinhar durante 6 minutos, virando-os a meio do tempo. Repita o processo até terminar os camarões, reservando os que já escalfou numa assadeira tapada com papel de alumínio, para não arrefecerem.

04.- Deixe o caldo ferver durante 10 minutos, até que reduza para metade e fique mais espesso. E, por fim, adicione 1 colher de chá de sumo de limão e rectifique o tempero de sal. Sirva os camarões com o molho, acompanhados com a guarnição de arroz basmati cozido em água aromatizada com cardamomo e o pau de canela, polvilhando com coentros frescos picados.

– o arroz basmati, fi-lo no robot TM 31 (Bimby) pelo modo e tempos para este tipo de produto. O pau de canela na preparação deste arroz, sinceramente não apreciei embora adore o gosto da canela. Prefiro o cravinho ou a noz-moscada.

 

000-tempo-transp± 40′  000-econo-transp económico  000-dific-transp fácil

Reportagem foto/vídeo:

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação Apok@lypsus, baseada e adaptada de uma receita publicada no site Pescanova.

 

© 27.Dez.2018

cropped-logonew03_transp.png

 

1 Obrigado, Thank you

2514: Bacalhau de Consoada

– Deixei de celebrar esta época por motivos óbvios, mas isso não impede que publique uma ou mais receitas alusivas e tradicionais nesta quadra dos lares portugueses. Com variantes, hoje preparei um Bacalhau de Consoada apenas com uma nota negativa. Comprei Lombos de Bacalhau (congelados) da Pascoal (passe a PUB porque não me pagam para isso) e pensava eu que Lombos não tinham espinhas… Estes 4 lombos são realmente postas de bacalhau grossos, mas em meu entender, são postas e não lombos.

ingredientes

Ingredientes:

– 2 Lombos (postas) de bacalhau graúdo
– 2 batatas grandes
– 200 g de mistura de legumes (¹)
– 600 g de Trio de Choux Fleurettes (²)
– 1 lata de grão de bico cozido
– 1 cebola pequena
– 1 medida de tempero granulado para legumes
– 2 colheres de sopa de coentros frescos picados
– 1 ½ dl de azeite
– 4 dentes de alho
– 2 ovos
– flor de sal q.b.

  (¹) – ervilhas, feijão verde e cenouras:
(²) – brócolos, romanesco e couve-flor
As quantidades acima indicadas variam de acordo com o nº. de pax.

Preparação:

cook-check

01.- Descasque as batatas e corte-as em quatro. Leve um tacho com água ao lume, temperada com sal, junte as batatas e coza-as. A meio da cozedura, insira as postas de bacalhau (que deviam ser lombos) e deixe terminar o tempo.

02.- Leve outra panela com água ao lume, temperada com um fio de azeite, uma pitada de sal e uma medida de granulado tempero para legumes. Deixe levantar fervura, introduza todos os legumes e quando levantar novamente fervura, deixe cozinhar durante 9 minutos. Escorra e na água da cozedura, fora do lume, deite o grão escorrido para aquecer naturalmente.

03.- Leve também um tachinho com água ao lume, com uma pitada de sal e um fio de vinagre, introduza os ovos e quando levantar fervura, deixe cozinhar durante 10 minutos. Retire-os depois e coloque-os em água fria (a casca sai melhor). Pique a cebola com os coentros e reserve (utilizei um robot manual).

04.- Para finalizar, prepare o azeite aromatizado. Numa frigideira ao lume, deite o azeite, os dentes de alho esmagados e deixe ferver até os alhos ficarem dourados. Coloque as várias partes desta receita numa travessa (a minha é em forma de prato redondo), corte os ovos a gosto (rodelas, gomos ou palitos), salpique com a cebola picada com os coentros, emprate e regue com o azeite aromatizado.

000-tempo-transp± 40′  000-econo-transp económico  000-dific-transp fácil mas trabalhoso

Reportagem foto/vídeo em full HD 1080p:

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação Apok@lypsus.

© 24.Dez.2018

cropped-logonew03_transp.png

1 Obrigado, Thank you

2506: Arroz de Alheira

ingredientes

Ingredientes:

– 2 alheiras
– 200 g de cogumelos
– 1 emb. de ervilhas
– 200 g de arroz cozido
– 1 cebola
– 2 dentes de alho
– coentros frescos picados q.b.
– 1 colher de sopa de azeite
– sal e pimenta q.b.

cook-check

Preparação:

01.- Descasque os cogumelos com uma colher (em vez de os lavar para não absorverem a água da lavagem). Lamine os cogumelos. (no meu caso, utilizo sempre cogumelos congelados, dispensando esta fase). Tire as peles às alheiras e corte-as às rodelas.

02.- Num tacho aquecido com um fio de azeite, deite a cebola picada, depois as rodelas de alheira, os alhos picados e deixe tudo tomar cor. Vire as rodelas ao contrário para dourarem de maneira uniforme e continue a refogar.

03.- No mesmo tacho, adicione os cogumelos laminados, os coentros, o arroz (nesta receita temos o arroz branco já cozinhado), as ervilhas (de lata bem escorridas) e mais um fio de azeite.

04.- Envolva todos os ingredientes muito bem e deixe refogar adicionando uma pitada de sal e pimenta. Sirva de seguida, directamente do tacho para os pratos.

– Se se utilizam ervilhas congeladas, penso que o simples refogar sem líquido, não deve resultar, por isso, também cozi previamente as ervilhas e aconselho a que façam o mesmo.

– A mesma receita (tirada a papel químico) nestes dois sites

Sapo Lifestyle
https://lifestyle.sapo.pt/sabores/receitas/arroz-de-alheira

Chef Continente
https://chef.continente.pt/receitas/arroz-de-alheira

000-tempo-transp± 20′  000-econo-transp económico  000-dific-transp fácil

Reportagem foto/vídeo:

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação Apok@lypsus, baseada numa receita publicada em dois sites diferentes mas com o mesmo texto (ver nota acima).

© 13.Dez.2018

cropped-logonew03_transp.png

 

0

2502: Caçarola de Grão com Especiarias

ingredientes

Ingredientes:

– 200 g de cebola em cubos
– 50 g de margarina
– 1 colher de café de piripiri moído (fica picante)
– 1 colher de sobremesa de açafrão-das-índias
– 1 colher de chá de paprika
– 1 colher de chá de cominhos em pó
– 1 colher de chá de noz-moscada
– 1 colher de chá de coentros em pó
– 400 g de tomate em cubos
– 1 lata grande de grão cozido
– 200 ml de natas
– sal marinho q.b.
– 1 embalagem de folhas de canónigos (¹)

cook-check

Preparação:

01.- Num tacho ao lume, derreta a margarina, junte a cebola e deixe cozinhar até a cebola começar a alourar. Adicione as especiarias previamente misturadas e deixe fritar um pouco, mexendo de vez em quando.

02.- Quando as especiarias começarem a libertar o aroma, junte o tomate e o grão escorrido. Tape e deixe cozinhar durante cerca de 15 minutos sobre lume brando.

03.- Adicione as natas, tempere com sal e aumente um pouco o lume. Deixe ferver durante mais 15 a 20 minutos, mexendo de vez em quando.

04.- Retire do lume, adicione os canónigos e misture bem.

(¹) – Os Canónigos são uma planta muito saborosa, nutritiva e com propriedades medicinais. Os Canónigos são uma excelente fonte de vitaminas e sais minerais, e possuem propriedades diuréticas, anti-oxidantes e depurativas.

O consumo de Canónigos é extremamente benéfico para o organismo, contribuindo para melhorar a visão, combater a anemia e controlar a ansiedade e o stress. Na cozinha, os Canónigos são muito utilizados em sandes, saladas de folhas baby, sopas, caldos de carne, sumos de vegetais, massas, arroz, entre outras utilizações.

Como não tinha canónigos em casa, saltei o último ponto da receita mas fica para a próxima.

000-tempo-transp± 40′  000-econo-transp económico  000-dific-transp fácil

Reportagem foto/vídeo:

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação Apok@lypsus, baseada numa receita publicada no site da Vaqueiro.

© 07.Dez.2018

cropped-logonew03_transp.png

 

1 Obrigado, Thank you

2457: Molho de Natas

– Nos tempos que correm, não para todos mas para alguns, não se pode desperdiçar sobras de refeição anterior e não, esta não é uma receita mas o aproveitamento de sobras do Frango no Forno com Cerveja e Batatinhas Assadas com Ervas Aromáticas de ontem, ao qual se adicionou um Molho de Natas.

ingredientes

Ingredientes:

– 200 ml de natas light
– 1 colher de sopa de mostarda
– 1 colher de chá de alho moído
– 1 colher de sopa de coentros frescos picados
– flor de sal q.b.
– pimenta de misturas q.b.

Preparação:

01.- Numa tigela, deite as natas. a mostarda, o alho moído, os coentros, tempere com flor de sal e pimenta de misturas e envolva tudo muito bem até ficar uma mistura homogeneizada.

02.- Aos nacos de frango que sobraram da receita de ontem, acima referenciada, adicionei macarrão previamente cozido.

03.- Coloquei o preparado num Pyrex, reguei com o molho de natas e levei ao convector de halogéneo durante 10 minutos a 175ºC.

04.- Estava uma delícia…

000-tempo-transp± 20′ 000-econo-transp económico 000-dific-transp fácil

Reportagem foto-slideshow:

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação Apok@lypsus.

© 07.Out.2018

cropped-logonew03_transp.png

0

2453: Bacalhau Cremoso com Camarão e Cogumelos

ingredientes

Ingredientes:

– 500 g de bacalhau desfiado
– 250 g de miolo de camarão 80/100
– 500 ml de molho bechamel
– 100 gt de cebola em cubos
– 1 colher de sopa de alho picado
– 100 g de pimentos tricolor em tiras
– 200 g de Champignons de Paris
– 1 cubo tempero Alho, louro e pimentão
– 1 colher de sopa de manteiga
– molho de soja q.b.
– tabasco q.b.
– 1 colher de sopa de coentros frescos picados
– azeite q.b.

cook-check

Preparação:

01.- Coza o bacalhau e o miolo de camarão. Depois de cozido, desfie o bacalhau e reserve. Num tacho ao lume, deite o azeite, a manteiga, a cebola, o alho, o cubo tempero, os coentros e deixe refogar.

02.- Adicione os pimentos e os cogumelos ao tacho, tempere com o molho de soja, deixe saltear, envolvendo bem. Adicione depois o bacalhau e envolva. Acrescente metade do Béchamel e volte a envolver, deixando cozinhar até engrossar. Ligue o forno a 180ºC.

03.- Num tabuleiros refractário, disponha o preparado do bacalhau, por cima distribua o miolo de camarão, cubra com o restante bechamel, polvilhe com o queijo ralado e leve ao forno até gratinar (utilizei um Pyrex e convector de halogéneo 200º~175ºC – 25 minutos).

04.- Retire do forno, deixe repousar um pouco e sirva de seguida.

00-pratoprincipal

000-tempo-transp± 40′ 000-econo-transp económico 000-dific-transp fácil

Reportagem foto/vídeo:

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação Apok@lypsus, baseada e adaptada de uma receita publicada no site Teleculinária.

© 27.Set.2018

cropped-logonew03_transp.png

 

0

2447: Nacos de Soja à Brás

ingredientes

Ingredientes:

– 2 chávenas de nacos de soja
– 1 colher de sopa de alho picado
– 1 cubo tempero salsa e coentros
– 100 g de cebola em aros
– 100 g de pimentos tricolor em tiras
– 1 dl de polpa de tomate manjericão e orégãos
– azeite q.b.
– 1 pacote de batata palha
– 4 ovos
– 1 colher de sopa de molho de soja
– gengibre moído q.b.
– louro moído q.b.
– paprika q.b.
– 1 dl de vinho branco
– 1 colher de sopa de coentros frescos picados
– pimenta preta q.b.

cook-check

Preparação:

01.- Demolhe os nacos de soja em água temperada com uma pitada de sal, durante 30 minutos. Depois esprema os nacos com as mãos para expelir a água e reserve.

02.- Num tacho ao lume, deite o azeite a cobrir o fundo, junte o cubo tempero, a cebola, o alho e deixe refogar até a cebola ficar macia. Num recipiente, bata os ovos com os coentros picados, tempere com uma pitada de sal, pimenta e reserve.

03.- Adicione depois ao tacho as tiras de pimentos, a polpa de tomate e deixe saltear. Junte os nacos de soja, o vinho, tempere com a pimenta, gengibre, louro, molho de soja, paprika, envolva muito bem e deixe cozinhar durante 20 minutos em lume médio, mexendo de vez em quando.

04.- Finalizando, adicione a batata palha aos poucos, envolvendo no preparado do tacho, reduza o lume para mínimo, verta os ovos batidos, envolva suavemente no preparado e mexa sempre até os ovos cozerem sem ficarem secos. Sirva de seguida.

00-pratoprincipal

000-tempo-transp± 35′ 000-econo-transp económico 000-dific-transp fácil

Reportagem foto/vídeo:

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação Apok@lypsus.

© 18.Set.2018

cropped-logonew03_transp.png

0