2533: Chili com Carne Rápido

– Hoje, decidi fazer Chili com Carne pela forma mais simples, rápida e menos elaborada se tivesse de inserir todos os ingredientes que normalmente integram um dos pratos mais tradicionais da cozinha mexicana. O chili é originário do norte do México e também do sul do Texas e em muitas regiões espalhadas pelo Mundo. Conforme gostar ou não desta receita, farei mais tarde novo preparado de Chili com Carne mas empregando todos os ingredientes individualmente.


ingredientes

Ingredientes:

– 1 emb. Chili com Carne 1,2,3,Sabor! (¹)
– 550 g de carne de porco picada
– 400 ml de água
– 1 lata grande de feijão encarnado
– 75 g de margarina

(¹) puré de tomate, pimentão, sal marinho, cebola, açúcar, gordura de palma, cominhos, alho, pimento vermelho, pimenta caiena, coentros, tomilho, louro, pimenta, sumo de limão, gengibre, raiz de salsa. Segundo informação da embalagem, livre de intensificadores de sabor, corantes e conservantes.

cook-check

Preparação:

01.- Num tacho ao lume, deite a margarina, deixe derreter, junte a carne picada e deixe fritar até ganhar cor.

02.- Adicione ao tacho a água (fria), o conteúdo da embalagem e mexa muito bem.

03.- Escorra o feijão, adicione-o ao tacho e deixe ferver enquanto mexe.

04.- Tape o tacho e deixe cozinhar durante 5 minutos, em lume brando, mexendo de vez em quando. Sirva de seguida com uma guarnição de arroz branco.

– Adorei esta refeição, acompanhada com uma Radler com limão. Uma sugestão: misturei o arroz com o Chili e ficou ainda mais saboroso. Numa próxima preparação farei este Chili com Carne com todos os ingredientes individuais para aferir da diferença.

000-tempo-transp± 20′  000-econo-transp económico  000-dific-transp fácil

Reportagem foto/vídeo:

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação Apok@lypsus, baseada na receita publicada na embalagem do produto..

© 19.Jan.2019

1 Obrigado, Thank you

2532: Ovos Mexidos com Chouriço e Batatas Viúva

– Em primeiro lugar, não considero uma receita mas um petisco improvisado para aqueles dias em que não me apetece preparar uma refeição mais trabalhada, por cansaço ou outras situações que fazem baixar a paciência para a cozinha. Depois, as batatas viúva, não sei qual a origem desse nome mas extraí de uma receita em espanhol que passou num vídeo publicado no Facebocas, onde entravam este tipo de batatas e apenas preparei-as do que me lembrei ter visto. Resultado: uma refeição ligeira, saborosa e sem muito trabalho.


ingredientes

Ingredientes:

– 3 ovos
– 6 batatas médias
– 1/2 dl de polpa de tomate com manjericão e orégãos
– alho moído, paprika, cominhos q.b.
– tomilho, orégãos, louro moído q.b.
– 1 chouriço de carne corrente
– margarina q.b.
– azeite q.b.
– 100 g de cebola em cubos
– 1 colher de sopa de alho picado
– 1 cubo tempero alho, louro e pimentão
– óleo para fritar q.b.
– 1 colher de sopa de salsa fresca picada
– sal marinho e tabasco q.b.

cook-check

Preparação:

01.- Descasque, lave, escorra, corte as batatas em quartos pequenos e tempere-as com sal marinho. Tire a pele ao chouriço, corte-o em rodelas e reserve. Ligue o lume com a fritadeira e deixe aquecer o óleo (não utilizei a Actifry porque levaria mais tempo, embora o resultado fosse mais saudável). Quando o óleo estiver quente, deite as batatas no cesto e deixe fritar até ficarem lourinhas. Escorra-as, coloque-as numa travessa com papel de cozinha absorvente e reserve.

02.- Num wok ao lume com azeite, junte o cubo tempero, o alho, a cebola, a salsa e deixe refogar até a cebola ficar macia. Adicione depois a polpa de tomate, envolva e deixe cozinhar durante 3 minutos. Tempere com as ervas aromáticas e as especiarias e mexa muito bem para envolver.

03.- Junte ao wok as batatas fritas, envolva no refogado e deixe tomar sabor durante 3 minutos, em lume brando, mexendo de vez em quando. Entretanto, coloque ao lume uma frigideira com a margarina, deixe derreter, adicione os ovos previamente batidos e temperados com sal, as rodelas de chouriço e mexa até os ovos ficarem num ponto semi-sólido.

04.- Retire os ovos da frigideira para o prato, junte as batatas viúva e saboreie este petisco simples que serve como refeição principal.

000-tempo-transp± 30′  000-econo-transp económico  000-dific-transp fácil

Reportagem foto/vídeo:

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação Apok@lypsus.

© 18.Jan.2019

1 Obrigado, Thank you

2529: Bifanas no Prato

– Faz hoje 53 anos que nasceu um bebé lindo, carequinha, com uma penugem loura na cabeça. Esse bebé cresceu e hoje é uma mulher linda. Pai babado tem de ser assim, Pena que a situação se encontre abaixo da linha vermelha, quer em saúde, quer orçamental, quer em disposição. Já não se encontra entre nós quem, neste dia, ajudava a alegrar a festa de Aniversários cá de casa. Vou fazer um Bolo de Aniversário, o mais simples possível e logo serão apagadas as velas dos 53 anos. Parabéns Vera!


ingredientes

Ingredientes:

– 500 g de bifanas de porco
– 1 colher de sopa de azeite
– 1 colher de chá de óleo
– 1 colher de sopa de alho picado
– 1 colher de chá de pimentão doce
– 1 cubo tempero alho, louro e pimentão
– 1 colher de sopa de polpa de tomate com manjericão e orégãos
– mostarda q.b
– vinho branco q.b.
– 2 folhas de louro
– 1 colher de sopa de margarina
– sal e pimenta de misturas q.b.

cook-check

Preparação:

01.- Tempere as bifanas umas horas antes da preparação com sal, pimenta, louro, alho, azeite e vinho branco.

02.- Numa frigideira ao lume, deite o azeite, o óleo, o cubo tempero e deixe aquecer em temperatura baixa. Junte o alho, o pimentão, a polpa de tomate, o vinho e deixe cozinhar durante 2 minutos, mexendo sempre até levantar fervura.

03.- Depois de levantar fervura, baixe um pouco o lume, coloque as bifanas na frigideira com a marinada. frite-as dos dois lados até estarem tenras.

04.- Quando estiverem quase prontas, adicione uma colher de sopa de margarina ao molho e mostarda a gosto, envolvendo bem. Acompanhe com uma guarnição de batatas fritas ou outra a gosto (apliquei Batatas Croquete no forno).

000-tempo-transp± 25′  000-econo-transp económico  000-dific-transp fácil

Reportagem foto/vídeo:

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação Apok@lypsus.

© 16.Jan.2019

0

Bolo Engorda Mulher… e Marido

– Uma receita com alguns anos, publicada neste Blogue. Infelizmente e por motivos de saúde, de vez em quando tenho de preparar uns doces. Hoje, repesquei esta receita.

ingredientes

Ingredientes:

– 180 g de farinha
– 100 g de açúcar
– 1 lata de leite condensado cozido (pode usar normal)
– 2,5 dl de leite
– 2,5 dl de leite de coco
– 60 g de margarina
– 3 ovos
– margarina para untar
– 6 gotas de aroma de baunilha
– farinha para polvilhar

Preparação:

01.- Ligue o forno a 180ºC. Barre uma forma com margarina e polvilhe-a com farinha.
02.- Deite no copo do liquidificador o leite condensado, o leite de coco, o leite, os ovos, o açúcar, a margarina, a farinha, o aroma de baunilha, ligue e deixe bater muito bem.
03.- Verta a mistura anterior para a forma e leve ao forno durante 30 minutos. Retire, deixe repousar um pouco, desenforme e deixe arrefecer.
04.- Depois sirva decorado a gosto, se quiser polvilhado com açúcar em pó.

– Valor energético por dose: 714 Kcal (info. da revista em ordem à receita original).
– Este bolo fica com uma consistência tipo pudim. Pode também juntar todos os ingredientes e bater durante 10 minutos com uma batedeira, em vez de utilizar o liquidificador. Se for utilizador de um robot TM31, coloque os ingredientes todos no copo, pela ordem indicada em 2., programe 3 Min., Vel. 4 e depois 1 Min., Vel. 5.

000-tempo-transp± 40′  000-econo-transp económico  000-dific-transp fácil

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação Apok@lypsus, baseada numa receita da revista Tele Culinária nº. 1509 de 10.Mar.2008, sob o nome de Bolo Engorda Marido.

© 13.Jan.2019

1 Obrigado, Thank you

2512: Rabanadas no Forno

ingredientes

Ingredientes:

– 1 pão de cacete
– 2 ovos
– 1 lata de leite condensado
– 300 ml de leite
– açúcar misturado com canela q.b.

Preparação:

01.- Corte o cacete em fatias, com a largura de um dedo. Num recipiente, misture o leite condensado e o leite. Vá adicionando leite até ficar uma mistura líquida, mas um pouco mais grossa que o leite. Noutro recipiente bata os ovos

02.- Mergulhe as fatias de pão primeiro no recipiente da mistura do leite condensado e do leite, e depois passe-as, de ambos os lados, pelo ovo.

03.- Coloque as fatias de pão molhadas num tabuleiro refractário untado com bastante margarina, leve ao forno durante 30 minutos, virando depois as rabanadas e volte novamente ao forno por mais 10 minutos.

04.- Retire do forno e passe as rabanadas na mistura do açúcar com canela.

000-tempo-transp± 45′ (ERRADO)  000-econo-transp económico  000-dific-transp fácil

(não tem foto-reportagem)

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação Apok@lypsus, baseada numa receita publicada no site Compartilhou

– Segui religiosamente esta receita e foi um fracasso total dado que confiei nos tempos de forno acima indicados – nunca tinha feito rabanadas no forno – e ao fim de 30 minutos, não sem antes verificar como estava a decorrer, parecendo tudo normal, ao tirar as rabanadas para virá-las, estavam queimadas na base. O que significa que este tempo está errado. Por cima ficaram muito apresentáveis, por baixo, queimadas como a imagem abaixo mostra. Publicar receitas com imagens muito catitas, também eu posso fazê-las mas não ando aqui para enganar ninguém. Não há dúvida quanto à preparação no forno ser mais saudável, mas assim antes prefiro fritá-las em óleo.

© 23.Dez.2018

cropped-logonew03_transp.png

 

1 Obrigado, Thank you

2505: Farinheira com Cogumelos e Ovos Mexidos

– Em tempo de crise, há que geri-la da melhor forma possível, por isso, esta receita tanto pode ser considerada como uma entrada/petisco ou como uma refeição principal quando acompanhada com uma guarnição, neste caso, de legumes. Fica a dica.


ingredientes

Ingredientes:

– 1 farinheira
– 300 g de champignons de Paris
– 50 g de margarina
– 100 g de cebola em cubos
– 4 ovos
– 5 colheres de sopa de azeite
– salsa fresca picada q.b.
– alho moído e cominhos q.b.
– tabasco q.b.
– sal marinho e pimenta de misturas q.b.

cook-check

Preparação:

01.- Num tacho ao lume, deite a margarina, o azeite, deixe derreter, adicione a cebola e deixe amaciar.

02.- Tire a pele à farinheira e corte-a em pedaços.

03.- Quando a cebola começar a alourar, junte os cogumelos, tempere com Tabasco e salteie mexendo com frequência. Adicione os pedaços da farinheira, desfaça-a com a ajuda de uma colher de pau e deixe cozinhar durante 5 minutos.

04.- Parta os ovos para uma tigela, tempere com uma pitada de sal, alho moído, cominhos e pimenta, adicione salsa fresca picada e bata com a vara de arames. Adicione os ovos ao preparado dos cogumelos e farinheira, envolva tudo muito bem e deixe cozer os ovos mexendo sempre. Sirva de imediato com um trio de legumes (brócolos, couve-flor. romanesco) e cenoura-baby cozidos, temperados com azeite aromatizado com ervas aromáticas.

000-tempo-transp± 25′  000-econo-transp económico  000-dific-transp fácil

Reportagem foto/vídeo:

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação Apok@lypsus.

© 12.Dez.2018

cropped-logonew03_transp.png

1 Obrigado, Thank you

2502: Caçarola de Grão com Especiarias

ingredientes

Ingredientes:

– 200 g de cebola em cubos
– 50 g de margarina
– 1 colher de café de piripiri moído (fica picante)
– 1 colher de sobremesa de açafrão-das-índias
– 1 colher de chá de paprika
– 1 colher de chá de cominhos em pó
– 1 colher de chá de noz-moscada
– 1 colher de chá de coentros em pó
– 400 g de tomate em cubos
– 1 lata grande de grão cozido
– 200 ml de natas
– sal marinho q.b.
– 1 embalagem de folhas de canónigos (¹)

cook-check

Preparação:

01.- Num tacho ao lume, derreta a margarina, junte a cebola e deixe cozinhar até a cebola começar a alourar. Adicione as especiarias previamente misturadas e deixe fritar um pouco, mexendo de vez em quando.

02.- Quando as especiarias começarem a libertar o aroma, junte o tomate e o grão escorrido. Tape e deixe cozinhar durante cerca de 15 minutos sobre lume brando.

03.- Adicione as natas, tempere com sal e aumente um pouco o lume. Deixe ferver durante mais 15 a 20 minutos, mexendo de vez em quando.

04.- Retire do lume, adicione os canónigos e misture bem.

(¹) – Os Canónigos são uma planta muito saborosa, nutritiva e com propriedades medicinais. Os Canónigos são uma excelente fonte de vitaminas e sais minerais, e possuem propriedades diuréticas, anti-oxidantes e depurativas.

O consumo de Canónigos é extremamente benéfico para o organismo, contribuindo para melhorar a visão, combater a anemia e controlar a ansiedade e o stress. Na cozinha, os Canónigos são muito utilizados em sandes, saladas de folhas baby, sopas, caldos de carne, sumos de vegetais, massas, arroz, entre outras utilizações.

Como não tinha canónigos em casa, saltei o último ponto da receita mas fica para a próxima.

000-tempo-transp± 40′  000-econo-transp económico  000-dific-transp fácil

Reportagem foto/vídeo:

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação Apok@lypsus, baseada numa receita publicada no site da Vaqueiro.

© 07.Dez.2018

cropped-logonew03_transp.png

 

1 Obrigado, Thank you

2499: Aletria Doce no Robot TM31 (Bimby)

ingredientes

Ingredientes:

– 1 lt + 1 ½ dl de leite
– 200 g de açúcar
– 150 g de aletria
. 1 casca de limão
– 1 casca de laranja
– 1 pau de canela
– 1 pitada de sal
– 1 colher de sopa de margarina
– 4 colheres de sopa de farinha Custard
– canela em pó para polvilhar

Preparação:

01.- Coloque a borboleta nas lâminas. Deite no copo  o leite, a casca do limão, a casca de laranja, a margarina, o sal, o pau de canela e programe 10 Min., Temp. 90ºC, Vel. Colher  , sem o copo no bocal da tampa.

02.- Adicione o açúcar e programe mais 15 Min., Temp. 90ºC, Vel. Colher . Com o robot em movimento, deite a aletria previamente partida pelo bocal, sem o copo medida.

03.- Dissolva a farinha Custard no 1 ½ dl de leite, adicione ao copo e programe 4 Min., Temp. 90ºC., Vel. Colher .

04.- Deite a aletria numa travessa, polvilhe com canela em pó e deixe arrefecer.

000-tempo-transp± 35′  000-econo-transp económico  000-dific-transp fácil

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação Apok@lypsus.

© 05.Dez.2018

cropped-logonew03_transp.png

1 Obrigado, Thank you

2496: Bifanas no Prato à Portuguesa

ingredientes

Ingredientes:

– 600 g de bifanas de porco
– 1 cubo tempero Alho, Louro e Pimentão
– 1 ½ dl de vinho branco
– 50 g de margarina
– 100 g de cebola em rodelas
– limão q.b.

cook-check

Preparação:

01.- Coloque as bifanas num recipiente. Dissolva o cubo tempero no vinho branco, deite sobre as bifanas e deixe marinar.

02.- Aqueça metade da margarina numa frigideira, introduza as bifanas bem escorridas e frite-as de ambos os lados. Retire a carne para outro recipiente e reserve. Deite a restante margarina na frigideira, junte a cebola e deixe alourar. Regue com a marinada e deixe ferver durante 3 minutos.

03.- Adicione à frigideira as bifanas virando-as de ambos os lados para tomarem gosto.

04.- Sirva de seguida com massa cozida ou batatas fritas (utilizei Batatas Mediterrânicas ultra-congeladas, assadas no convector de halogéneo), decore com rodelas de limão e acompanhe com uma salada.

000-tempo-transp± 20′  000-econo-transp económico  000-dific-transp fácil

Reportagem foto/vídeo:

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação Apok@lypsus.

© 01.Dez.2018

cropped-logonew03_transp.png

1 Obrigado, Thank you

2493: Fricassé de Frango

ingredientes

Ingredientes:

– 2 peitos de frango
– 200 g de cebola em argolas
– 1 colher de sopa de alho picado
– 3 gemas
– 300 ml de caldo de galinha
– 2 colheres de sopa de margarina
– 2 colheres de sopa de polpa de tomate com
manjericão, orégãos e alecrim
– sumo de limão q.b.
– 1 folha de louro
– salsa picada q.b.
– sal e piripiri q.b.

cook-check

Preparação:

01.- Corte os peitos de frango em pedaços. Num tacho ao lume, deite a margarina, a folha de louro, a cebola, o alho, a polpa de tomate e deixe cozinhar até a cebola ficar transparente.

02.- Adicione os pedaços de frango, mexa, junte o caldo de galinha e tempere com um pouco de sal e piripiri. Tape e deixe cozinhar, em lume brando, durante 30 minutos.

03.- Numa tigela, junte o sumo de limão com as gemas e mexa ligeiramente. Adicione ao frango, mexa e deixe ferver até engrossar.

04.- Retire do lume e sirva polvilhado com salsa picada e acompanhado com arroz branco ou massa cozida.

000-tempo-transp± 50′  000-econo-transp económico  000-dific-transp fácil

Reportagem foto/vídeo:

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação Apok@lypsus, baseada numa receita publicada no site Teleculinária.

© 27.Nov2018

cropped-logonew03_transp.png

 

1 Obrigado, Thank you

2492: Ovos Verdes com Arroz Selvagem e Thai Jasmin

– Hoje, esta receita que toda a gente conhece, tradicional da cozinha portugiuesa, é uma sentida homenagem a minha falecida esposa que fazia uns ovos verdes de estalar a língua. E acompanhados com uma guarnição de Arroz Selvagem com Thai Jasmin que mais abaixo, em nota especial, se explica o que é e como se cozinha.

ingredientes

Ingredientes:

– 6 + 1 ovos
– 1 cebola
– 2 colheres de sopa de salsa fresca picada
– 20 g de margarina
– farinha de trigo q.b.
– pão ralado com ervas finas
– sumo de limão q.b.
– óleo para fritar q.b.
– sal marinho e pimenta de misturas q.b.

cook-check

Preparação:

01.- Coza os ovos em água temperada com sal durante 10 minutos depois de levantar fervura. Coloque os ovos numa tijela com água fria e deixe arrefecer ou leve-os ao frigorífico. Depois de frios, descasque-os e corte-os ao meio no sentido do comprimento. Retire as gemas cuidadosamente para não partir as claras.

02.- Esmague as gemas com um garfo, juntamente com a margarina, a cebola e a salsa picadas até obter uma pasta. Tempere com pimenta, sumo de limão e divida a pasta pelas cavidades das claras, calcando com cuidado para fazer aderir bem.

03.- Passe as metades dos ovos recheados por farinha, sacudindo o excesso, depois pelo ovo batido e finalmente pelo pão ralado.

04.- Frite os ovos em óleo quente e escorra-os sobre papel absorvente. Sirva de seguida com uma guarnição de mistura de Arroz Selvagem e Thai Jasmin. Pode ser considerado como uma entrada-petisco a solo, ou como refeição principal com uma guarnição.

000-tempo-transp± 40′  000-econo-transp económico  000-dific-transp fácil

Reportagem foto/vídeo:

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação Apok@lypsus.

Arroz Selvagem: o que é e como cozinhar

Apesar de ter “arroz” no nome, o arroz selvagem não se relaciona com o arroz asiático que conhecemos.

Ele é o grão que resulta do género Zizania, composto por quatro gramíneas diferentes.

É mais longo, castanho-escuro e tem uma textura de borracha na camada externa.

Como é a nível nutricional?

  • 100 g de arroz selvagem cozinhado fornecem:
  • 101 kcal
  • 21.34 g de Hidratos de Carbono
  • 0.34 g de gordura
  • 3.99 g de proteína
  • 1.8 g de fibra

É ainda uma boa fonte de Vitamina B3 e B6, magnésio, manganésio, fósforo e zinco.
Não tem glúten, sendo uma excelente opção para doentes celíacos ou pessoas que sofram de sensibilidade ao glúten não-celíaca.

Como cozinhar arroz selvagem?

A confeção é semelhante ao arroz normal, mas demora um pouco mais tempo por causa da camada externa do grão.

Convém misturar com outro tipo de arroz, como o arroz jasmim integral, e não consumir apenas arroz selvagem.

  • 100 g de Arroz Selvagem
  • 100 g de Arroz Tahi Jasmin
  • 2 colheres de sopa de cebola picada
  • 1 colher de sopa de azeite
  • 200 + 200 ml de água
  • 1 folha de louro
  • sal marinho q.b.

01.- Descasque e pique finamente a cebola. Coloque-a num tacho, juntamente com 1 colher de sopa de azeite, e cozinhe, em lume médio, até ficar translúcida;
02.- Adicione o arroz selvagem e envolva no azeite. Junte então o dobro da quantidade de água e deixe levantar fervura. Reduza o lume e tape.
03.- Passados 7 minutos, acrescente o arroz jasmim integral e o dobro da quantidade de água quente. Junte 1 folha de louro e tempere com sal. Depois de levantar fervura, tape e deixe o lume no mínimo até o arroz ficar cozido.

© 26.Nov.2018

cropped-logonew03_transp.png

1 Obrigado, Thank you