2522: Lombos de Bacalhau no Forno ao Limão e Manteiga


ingredientes

Ingredientes:

– 2 Lombos de Bacalhau
– 4 batatas
– 1 limão
– manteiga q.b.
– 200 g de feijão verde cortado
– 2 ovos
– azeite q.b.
– 1 colher de sopa de alho picado

Preparação:

01.- Descongele os Lombos de Bacalhau, passe-os por água fria corrente e seque com papel absorvente. Ligue o forno a 200ºC. Coza o feijão verde em água temperada com sal, escorra e reserve. Descasque as batatas e coza-as juntamente com os ovos.

02.- A seguir, unte generosamente um tabuleiro refractário com manteiga, disponha os Lombos de Bacalhau com a pele para baixo (idealmente sem se tocarem) e coloque em cima de cada lombo duas a três metades de rodelas de limão e duas a três pequenas nozes de manteiga (consoante o tamanho do Lombo).

03.- Leve ao forno por 20 minutos aproximadamente, dependendo do forno. Entretanto, leve uma frigideira ao lume, deite o azeite, o alho picado e deixe alourar ligeiramente. Adicione o feijão verde cozido e salteie.

04.- Retire o bacalhau do forno e sirva com a guarnição de feijão-verde, ovos e batata cozida.

000-tempo-transp± 40′  000-econo-transp ± económico  000-dific-transp fácil

Reportagem foto/vídeo:

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação Apok@lypsus, baseada de uma receita publicada no site Pescanova.

© 07.Jan.2019

 

2521: Massada de Marisco no Tacho

ingredientes

Ingredientes:

– 250 g de massa fusilli
– 700 g de Salada de Marisco congelada
– 100 g de cebola em cubos congelada
– 200 g de tomate em cubos congelado
– 1 colher de sopa de alho picado
– ½ dl de azeite
– 1 colher de chá de orégãos
– 1 colher de sopa de coentros frescos picados
– 1 dl de molho de tomate com manjericão, orégãos e alecrim
– 1 ½ dl de vinho branco
– 200 g de juliana de legumes
– 1 cubo tempero para massas
– 1 cubo tempero alho, louro e pimentão
– cebolinho picado q.b.
– piripiri moído q.b.

cook-check

Preparação:

01.- Coza a massa em água abundante temperada com sal, um fio de azeite e o cubo tempero. Escorra bem e passe de imediato por água fria, reservando um copo bem cheio da água da cozedura. Leve ao lume um tacho com o azeite, deixe aquecer, junte a cebola, o cubo tempero alho, louro e pimentão e o alho picado e deixe refogar até a cebola ficar macia. Adicione os cubos de tomate, envolva e deixe cozinhar durante 3 minutos. Adicione o molho de tomate, tempere com o piripiri, regue com um pouco do vinho (reserve o restante) e deixe ferver durante 2 minutos.

02.- Junte ao tacho os orégãos, os coentros e envolva bem. Adicione a juliana de legumes e deixe cozinhar durante 5 minutos, adicionando o restante vinho e um pouco da água da cozedura da massa, apenas o suficiente para que o molho não fique espesso em demasia, mexendo de vez em quando.

03.- Adicione ao preparado do tacho a salada de marisco previamente passada por água fria corrente, envolva bem e deixe cozinhar durante 5 minutos, mexendo de vez em quando.

04.- Adicione mais um pouco da água da cozedura da massa, junte o fusilli previamente cozido, mexendo suavemente e adicionando água até que adquira a consistência que mais gostar. Tape o tacho, baixe o lume para o mínimo e deixe a massa tomar sabor durante 5 minutos, mexendo de vez em quando. Desligue o lume e sirva de imediato, polvilhado com cebolinho.

000-tempo-transp± 30′  000-econo-transp económico  000-dific-transp fácil

Reportagem foto/vídeo:

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação Apok@lypsus.

© 06.Jan.2019

2520: Feijoada com Cubos de Pota e Camarão


ingredientes

Ingredientes:

– 1 lata grande de feijão manteiga cozido
– 500 g de Tiras de Pota
– 250 g de miolo de camarão 100/200
– 100 g de cebola em cubos
– 1 cubo de tempero alho & coentros
– 1 colher de sopa de alho picado
– 1 chouriço de carne
– 200 g de tomate em cubos
– 1 dl de polpa de tomate com manjericão e orégãos
– 200 g de cenoura baby
– 1 ½ dl de vinho branco
– azeite q.b.
– 1 folha de louro
– sumo de limão q.b.
– sal e piripiri q.b.
– coentros q.b.
– ovos (opcional, um por pax)

cook-check

Preparação:

01.- Descongele as tiras de pota e corte-as em cubos pequenos. Tempere-as com sal, pimenta e sumo de limão. Tire a pele ao chouriço e corte-o em rodelas. Num tacho ao lume, deite o azeite a cobrir o fundo, a cebola, o alho, o cubo de tempero e deixe refogar até a cebola ficar macia.

02.- Junte a cenoura baby, o miolo de camarão ao refogado do tacho e deixe cozinhar durante 5 minutos, mexendo de vez em quando. Adicione depois as rodelas de chouriço e salteie mais 3 minutos, em lume médio, mexendo. Junte o tomate em cubos, a polpa de tomate, o louro, e deixe cozinhar, tapado, em lume brando, mais 5 minutos.

03.- Adicione depois o vinho ao tacho, mexa bem durante 1 minuto, deite os cubos de pota e tempere com uma pitada de sal e piripiri. Deixe cozinhar em lume brando, tapado, durante 10 minutos, mexendo de vez em quando.

04.- Acrescente ao preparado do tacho o feijão cozido com a calda, envolva e cozinhe em lume brando durante 5 minutos, para misturar bem os sabores. Se preferir, escalfe os ovos necessários (um por pax). Retire do lume, emprate e sirva de imediato, polvilhando com coentros picados. Pode também acompanhar com uma guarnição de arroz branco.

000-tempo-transp± 45′  000-econo-transp económico  000-dific-transp fácil

Reportagem foto/vídeo:

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação Apok@lypsus.

© 04.Jan.2019

2519: Tiras de Pota à Lagareiro

– Há quatro anos atrás, precisamente em Janeiro de 2015, publiquei esta receita neste Blogue – que estou a reconstruir nos anos mais antigos e que tinham falta de imagens por motivo de mudanças de hosting -, e que hoje volto a repetir com algumas alterações. Uma excelente refeição que escolhi para a primeira receita deste Blogue no novo ano de 2019.

ingredientes

Ingredientes:

– 500 g de tiras de pota congeladas
– 400 g de batatinhas novas
– 1 ½ dl de azeite
– 8 dentes de alho
– 2 folhas de louro
– sal e pimenta preta q.b.

Preparação:

01.- Descongele as tiras de pota, tempere-as com pimenta preta moída na hora e as folhas de louro partidas ao meio. Descasque os dentes de alho e corte-os às rodelas finas. Ligue o forno a 220ºC.

02.- Lave as batatinhas, faça alguns furos com um garfo e leve-as a cozer em água com sal, durante cerca de 15 minutos. Num tabuleiro refractário, deite 1 dl de azeite, disponha as tiras de pota e as batatinhas já previamente cozidas e, por cima, as rodelas de dentes de alho e o restante azeite. Leve a assar no forno durante aproximadamente 20 minutos.

03.- Quando retirar o tabuleiro do forno, coloque as batatas escorridas numa tábua de cozinha e, uma a uma, tape com um pano e dê uma ligeira pancada com o punho fechado (para fazer a “batata a murro”). Volte a colocar as batatas no tabuleiro com as tiras de pota.

04.- Sirva de imediato e, se for necessário reforçar o tempero, aqueça mais ½ dl de azeite com 2 dentes de alho cortados às rodelas finas e uma folha de louro pequena.

000-tempo-transp± 35′  000-econo-transp económico  000-dific-transp fácil

Reportagem foto/vídeo:

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação Apok@lypsus, adaptada e baseada numa receita publicada no site da Pescanova.

© 03.Jan.2019

2518: Camarão Black Tiger no Forno com Molho de Ervas

Hoje – e não é por ser véspera de ano novo -, o vídeo mostra as actividades que ocorreram n’ A Cozinha do Avô Chico e da sua ajudante Vera. Produziram-se: Aletria Doce, Rabanadas Tradicionais e um petisco de comer e de chorar por mais – Camarão Black Tiger no Forno com Molho de Ervas Aromáticas -, que estava simplesmente fenomenal!

ingredientes

Ingredientes:

– 360 g de camarão black tiger 20/30 congelado
– 1 dl de azeite + 1 colher de sopa
– 2 colheres de sopa de polpa de tomate com manjericão e orégãos
– 6 gotas de tabasco
– 1 colher de café de caril em pó
– 3 colheres de sopa de mistura de ervas aromáticas picadas (¹)
– 2 colheres de chá de flor de sal
– 600 g de batatas pequenas
– 200 g de tiras de pimentos tricolor

(¹) – estragão, orégãos e tomilho

cook-check

Preparação:

01.- Misture 1 dl de azeite com a polpa de tomate, o tabasco, o caril, duas colheres de sopa ervas picadas e uma colher de chá de sal. Coloque o camarão tigre (previamente descongelados) numa tigela grande, deite por cima o preparado, mexa bem, tape com película aderente e deixe marinar cerca de uma hora.

02.- Ligue o forno a 220° C. Coza as batatas em água temperada com o restante sal.

03.- Disponha o camarão tigre com a marinada e os pimentos num tabuleiro forrado com papel vegetal e leve ao forno cerca de 10 minutos.

04.- Na altura de servir, corte as batatas ao meio, tempere-as com o restante azeite previamente misturado com as restantes ervas picadas e sirva-as a acompanhar o camarão.

000-tempo-transp± 35′ + 60′ marinar  000-econo-transp económico  000-dific-transp fácil

Reportagem foto/vídeo:

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação Apok@lypsus, baseada numa receita publicada no site Pingo Doce.

© 31.Dez.2018

cropped-logonew03_transp.png

 

2517: Bifinhos de Porco com Cogumelos e Vinho do Porto

ingredientes

Ingredientes:

– 1 emb. de bifinhos de lombo de porco
– 200 g de champignons de Paris
– 200 ml molho de de natas para carne
– 1 colher de sopa de mostarda de Dijon
– 1 cálice de vinho do Porto
– 1 cubo Molho de Mostarda
– azeite q.b.
– alho moído q.b.
– 1 colher de sopa de molho de soja
– flor de sal e pimenta de misturas q.b.

cook-check

Preparação:

01.- Tempere os bifes com alho moído, flor de sal e pimenta de misturas. Numa frigideira ao lume, deite o azeite, deixe aquecer, junte o cubo Molho de Mostarda e deixe que este se derreta. Junte os bifes à frigideira e frite-os de ambos os lados ao gosto. Retire para um prato e reserve.

02.- À gordura que ficou na frigideira, adicione os cogumelos, tempere com o molho de soja e deixe saltear durante 5 minutos. Retire os cogumelos da frigideira e reserve-os.

03.- Entretanto, num recipiente, misture as natas, a mostarda e o vinho do Porto. Verta depois esta mistura para a frigideira, deixe levantar fervura, mexa bem e deixe apurar durante 2 minutos, em lume médio/baixo. Insira de novo os bifes e os cogumelos na frigideira e deixe apurar, em lume brando, durante 5 minutos, virando os bifes a meio do tempo.

04.- Retire do lume e sirva de imediato com uma guarnição a gosto.

000-tempo-transp± 35′  000-econo-transp económico  000-dific-transp fácil

Reportagem foto/vídeo em full HD 1080p:

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação Apok@lypsus.

© 30.Dez.2018

cropped-logonew03_transp.png

2516: Gambão em Molho de Gengibre com Arroz de Cardamomo e Canela

– Em tempos de contenção económica devido aos vários assaltos perpetrados e executados quer por parte do actual governo, quer de fornecedores de bens essenciais, esta refeição com Gambão Argentino nem se pode considerar um luxo ou se justifica pela época que atravessamos. Porque em anos passados, não existindo restrições nem racionamentos económicos, comia-se cá em casa Gambão, camarão, gamba, ou outros mariscos em qualquer altura do ano, sem olhar a festejos de calendário. Este Gambão 20/30 que estava a € 12,99/kg, comprei-o em saldo a € 9,74, custando-me estes bicharocos €5,67 em vez de € 7,56 se estivessem a preço normal. E não, isto não é nenhuma justificação pelo marisco que hoje preparei porque não tenho de dar satisfações a ninguém. Apeteceu-me escrever. Simplesmente.

ingredientes

Ingredientes:

– 600 g de Gambão Argentino 20/30
– 2 chalotas
– 2 colheres de sopa de azeite
– 2 colheres de sopa de açúcar amarelo
– sumo de limão q.b.
– coentros q.b.
– 3 dl de água (para o molho)
– 250 g de arroz basmati
– 4 sementes de cardamomo
– 1 pau de canela
– 1 colher de chá de gengibre moído
– 5 gotas de tabasco
– sal q.b.

cook-check

Preparação:

01.- Descongele os camarões e tempere com sal e sumo de limão. Aqueça a água e reserve.

02.- Descasque e pique as chalotas e amoleça-as, ao lume, numa frigideira com azeite. Junte o gengibre e deixe refogar durante 3 minutos em lume médio, mexendo. Adicione o açúcar, a água quente e deixe ferver.

03.- Reduza o lume para brando, junte os camarões ao caldo, tempere com o tabasco e deixe cozinhar durante 6 minutos, virando-os a meio do tempo. Repita o processo até terminar os camarões, reservando os que já escalfou numa assadeira tapada com papel de alumínio, para não arrefecerem.

04.- Deixe o caldo ferver durante 10 minutos, até que reduza para metade e fique mais espesso. E, por fim, adicione 1 colher de chá de sumo de limão e rectifique o tempero de sal. Sirva os camarões com o molho, acompanhados com a guarnição de arroz basmati cozido em água aromatizada com cardamomo e o pau de canela, polvilhando com coentros frescos picados.

– o arroz basmati, fi-lo no robot TM 31 (Bimby) pelo modo e tempos para este tipo de produto. O pau de canela na preparação deste arroz, sinceramente não apreciei embora adore o gosto da canela. Prefiro o cravinho ou a noz-moscada.

 

000-tempo-transp± 40′  000-econo-transp económico  000-dific-transp fácil

Reportagem foto/vídeo:

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação Apok@lypsus, baseada e adaptada de uma receita publicada no site Pescanova.

 

© 27.Dez.2018

cropped-logonew03_transp.png

 

2515: Camarão Salteado com Noodles e Champignons de Paris

ingredientes

Ingredientes:

– 250 g de miolo congelado de camarão 80/100
– 300 g de noodles
– 200 g de champignons de Paris
– 1 colher de sopa de alho picado
– azeite q.b.
– 1 cubo tempero alho e coentros
– 100 g de cebola em rodelas
– 1 cálice pequeno de whisky
– pimentão-doce moído q.b.
– cominhos e orégãos q.b.
– 5 gotas de tabasco
– flor de sal q.b.

cook-check

Preparação:

01.- Coza os noodles de acordo com as instruções na embalagem, adicionando à água um fio de azeite e uma pitada de flor de sal. Escorra e reserve.

02.- Descongele o miolo de camarão. Num tacho ao lume, cubra o fundo com uma fina camada de azeite, o cubo tempero, as rodelas de cebola, o alho picado e deixe refogar até a cebola ficar macia.

03.- Adicione ao tacho o miolo de camarão e deixe cozinhar até ficar douradinho. Depois, junte os cogumelos e deixe cozinhar até ficarem macios e perderem a água. Junte então o cálice de whisky, tempere com pimentão-doce, orégãos, cominhos, flor de sal, tabasco e deixe cozinhar até o molho ficar apurado.

04.- Junte o esparguete ao tacho, envolva no preparado do camarão e dos cogumelos, reduza o lume e mexendo sempre, deixe cozinhar mais 3 minutos. Retire do lume e sirva de imediato.

000-tempo-transp± 30′  000-econo-transp ± económico  000-dific-transp fácil

Reportagem foto/vídeo:

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação Apok@lypsus.

© 26.Dez.2018

cropped-logonew03_transp.png

2514: Bacalhau de Consoada

– Deixei de celebrar esta época por motivos óbvios, mas isso não impede que publique uma ou mais receitas alusivas e tradicionais nesta quadra dos lares portugueses. Com variantes, hoje preparei um Bacalhau de Consoada apenas com uma nota negativa. Comprei Lombos de Bacalhau (congelados) da Pascoal (passe a PUB porque não me pagam para isso) e pensava eu que Lombos não tinham espinhas… Estes 4 lombos são realmente postas de bacalhau grossos, mas em meu entender, são postas e não lombos.

ingredientes

Ingredientes:

– 2 Lombos (postas) de bacalhau graúdo
– 2 batatas grandes
– 200 g de mistura de legumes (¹)
– 600 g de Trio de Choux Fleurettes (²)
– 1 lata de grão de bico cozido
– 1 cebola pequena
– 1 medida de tempero granulado para legumes
– 2 colheres de sopa de coentros frescos picados
– 1 ½ dl de azeite
– 4 dentes de alho
– 2 ovos
– flor de sal q.b.

  (¹) – ervilhas, feijão verde e cenouras:
(²) – brócolos, romanesco e couve-flor
As quantidades acima indicadas variam de acordo com o nº. de pax.

Preparação:

cook-check

01.- Descasque as batatas e corte-as em quatro. Leve um tacho com água ao lume, temperada com sal, junte as batatas e coza-as. A meio da cozedura, insira as postas de bacalhau (que deviam ser lombos) e deixe terminar o tempo.

02.- Leve outra panela com água ao lume, temperada com um fio de azeite, uma pitada de sal e uma medida de granulado tempero para legumes. Deixe levantar fervura, introduza todos os legumes e quando levantar novamente fervura, deixe cozinhar durante 9 minutos. Escorra e na água da cozedura, fora do lume, deite o grão escorrido para aquecer naturalmente.

03.- Leve também um tachinho com água ao lume, com uma pitada de sal e um fio de vinagre, introduza os ovos e quando levantar fervura, deixe cozinhar durante 10 minutos. Retire-os depois e coloque-os em água fria (a casca sai melhor). Pique a cebola com os coentros e reserve (utilizei um robot manual).

04.- Para finalizar, prepare o azeite aromatizado. Numa frigideira ao lume, deite o azeite, os dentes de alho esmagados e deixe ferver até os alhos ficarem dourados. Coloque as várias partes desta receita numa travessa (a minha é em forma de prato redondo), corte os ovos a gosto (rodelas, gomos ou palitos), salpique com a cebola picada com os coentros, emprate e regue com o azeite aromatizado.

000-tempo-transp± 40′  000-econo-transp económico  000-dific-transp fácil mas trabalhoso

Reportagem foto/vídeo em full HD 1080p:

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação Apok@lypsus.

© 24.Dez.2018

cropped-logonew03_transp.png

2513: Rabanadas Tradicionais

– Uma vez que a receita das Rabanadas no Forno saíram uma autêntica lástima – tive de as deitar para o lixo -, hoje dediquei-me a preparar Rabanadas de modo Tradicional, ou seja, fritas em óleo. E saíram uma delícia.

ingredientes

Ingredientes:

– 1 pão de forma fatia grossa
– 2 ovos
– 1 lata de leite condensado
– 1 ½ dl de leite
– açúcar misturado com canela q.b.

Preparação:

01.- Num recipiente, misture o leite condensado e o leite.  Noutro recipiente bata os ovos

02.- Coloque ao lume uma fritadeira com óleo e deixe aquecer bem. Mergulhe as fatias de pão primeiro no recipiente da mistura do leite condensado e do leite, e depois passe-as, de ambos os lados, pelo ovo.

03.- Leve as fatias a fritar de ambos os lados, retire-as depois para uma travessa com papel absorvente para escorrerem.

04.- Finalmente, passe os dois lados pela mistura de açúcar e canela e delicie-se.

000-tempo-transp± 45′  000-econo-transp económico 000-dific-transp fácil

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação Apok@lypsus.

Reportagem foto/vídeo full HD 1080p:

© 24.Dez.2018

cropped-logonew03_transp.png

2512: Rabanadas no Forno

ingredientes

Ingredientes:

– 1 pão de cacete
– 2 ovos
– 1 lata de leite condensado
– 300 ml de leite
– açúcar misturado com canela q.b.

Preparação:

01.- Corte o cacete em fatias, com a largura de um dedo. Num recipiente, misture o leite condensado e o leite. Vá adicionando leite até ficar uma mistura líquida, mas um pouco mais grossa que o leite. Noutro recipiente bata os ovos

02.- Mergulhe as fatias de pão primeiro no recipiente da mistura do leite condensado e do leite, e depois passe-as, de ambos os lados, pelo ovo.

03.- Coloque as fatias de pão molhadas num tabuleiro refractário untado com bastante margarina, leve ao forno durante 30 minutos, virando depois as rabanadas e volte novamente ao forno por mais 10 minutos.

04.- Retire do forno e passe as rabanadas na mistura do açúcar com canela.

000-tempo-transp± 45′ (ERRADO)  000-econo-transp económico  000-dific-transp fácil

(não tem foto-reportagem)

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação Apok@lypsus, baseada numa receita publicada no site Compartilhou

– Segui religiosamente esta receita e foi um fracasso total dado que confiei nos tempos de forno acima indicados – nunca tinha feito rabanadas no forno – e ao fim de 30 minutos, não sem antes verificar como estava a decorrer, parecendo tudo normal, ao tirar as rabanadas para virá-las, estavam queimadas na base. O que significa que este tempo está errado. Por cima ficaram muito apresentáveis, por baixo, queimadas como a imagem abaixo mostra. Publicar receitas com imagens muito catitas, também eu posso fazê-las mas não ando aqui para enganar ninguém. Não há dúvida quanto à preparação no forno ser mais saudável, mas assim antes prefiro fritá-las em óleo.

© 23.Dez.2018

cropped-logonew03_transp.png