171: Bacalhau à Algarvia

Pode não ser um Bacalhau à Algarvia na perspectiva da receita original, mas eu gosto de dar sempre um toque pessoal de acordo com as preferências cá de casa. Quem não gostar das alterações, siga o link para a receita original.


ingredientes

Ingredientes:

– 2 lombos de bacalhau
– 6 batatas
– 2 cebolas grandes
– 8 dentes de alho
– 1 ½ dl de azeite
– 4 ovos
– 1 colher de sopa de salsa picada
– azeitonas recheadas q.b.
– paprika q.b.
– óleo de coco BIO q.b.
– sal e pimenta q.b.

cook-check

Preparação:

01.- Descasque e corte as batatas em rodelas grossas. Descongele o bacalhau, depois enxugue-o com um pano, polvilhe com paprika, pimenta e frite, de ambos os lados, numa frigideira com óleo de coco BIO, mantida sobre lume moderado.

02.- Coloque depois os lombos de bacalhau num tabuleiro refractário pulverizado com azeite em spray e leve ao forno, a 160ºC, durante 10 minutos. Coza os ovos.

03.- No mesmo óleo, frite as batatas, retire, escorra sobre papel absorvente, tempere com um pouco de sal e reserve (eu frito as batatas na Actifry e neste caso, como são batatas cruas, com uma medida (do equipamento) de óleo).

04.- Descasque as cebolas e os dentes de alho, corte em rodelas finas e aloure numa frigideira com o azeite, até a cebola ficar macia. Disponha as batatas numa travessa, junte as postas de bacalhau, cubra com a cebolada, os ovos cortados em gomos, decore com azeitonas recheadas, polvilhe com a salsa picada e sirva de seguida.

000-tempo-transp± 40′  000-econo-transp económico  000-dific-transp fácil

Reportagem foto/slideshow/vídeo:

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação d’ A Cozinha do Apokalypsus, baseada e adaptada de uma receita publicada no site Teleculinária.

© 21.Ago.2019



 

 

1 Obrigado, Thank you, merci, gracias

2 thoughts on “171: Bacalhau à Algarvia”

  1. Avatar

    Uma amiga virtual no Facebook da minha filha Vera, deixou este comentário acerca desta receita: “… … tem muito bom aspecto mas de algarvio nada tem…o bacalhau a moda algarvia é assado na brasa, e depois regado com uma mistura de azeite e cebola e coentros picados.”

    Um esclarecimento: a amiga em questão não deve ter lido a receita no Blogue dado que logo no início da mesma está escrito: “Pode não ser um Bacalhau à Algarvia na perspectiva da receita original, mas eu gosto de dar sempre um toque pessoal de acordo com as preferências cá de casa. Quem não gostar das alterações, siga o link para a receita original.”

    Um esclarecimento adicional: raramente, troco ou renomeio os títulos das receitas que vou pescar na Net, por isso mantive este, de uma receita que pesquei no site da Teleculinária e mencionando “… Quem não gostar das alterações, siga o link para a receita original”.

    Na maioria das receitas aqui publicadas ou no outro Blogue Recipes 2 (https://apokalypsus.com/recipes2/), existe sempre uma personalização da receita original – quando pescada de outro site -, o que não adultera a mesma, apenas a personaliza ao nosso gosto.

    Fica a informação.

    Apokalypsus
    22/08/2019

    1. Avatar

      Em todas as receitas que pesquisei na Net, de Bacalhau à Algarvia, nenhuma informava que o bacalhau tem de ser assado na brasa. Como desconheço as particularidades gastronómicas algarvias de cada região – e existem mais de 1.000 formas de cozinhar o bacalhau -, talvez na região da pessoa que disse que o Bacalhau à Algarvia teria de ser assado na brasa, seja uma dessas particularidades regionais. Mas dado que personalizo muitas, a maioria, das receitas que saco de outros sítios, continua válida a minha informação inicial, colocada logo no início e em destaque, desta receita.

      Apokalypsus
      23/08/2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *