459: Empadão de Soja Texturizada

Para substituir a ingestão de carne vermelha, utilizo regularmente a soja texturizada quer em nacos grossos, quer em soja fina, uma fonte de proteína vegetal, substituta da carne, sem toxinas. Hoje, elaborei um empadão com soja fina que regularmente utilizo em croquetes, hambúrgueres, omeletes, empadões, etc.. Fica aqui a receita (simples) de hoje. Também dado o pouco ou quase nenhum interesse das pessoas em visitarem este Blogue, começo a não ter incentivo para dar continuidade a um trabalho que executo há anos.

Receita do Dia
Apokalypsus

 

ingredientes

Ingredientes:

– 2 chávenas de soja texturizada fina
– flocos para puré de batata (¹)
– 100 g de cebola em cubos
– 1 col. de sopa de alho picado
– 1 dl de polpa de tomate com manjericão e orégãos
– 1 col. de sopa de molho de soja
– coentros frescos picados
– cominhos, paprika, açafrão e piripiri q.b.
– azeite q.b.
– queijo ralado Mozzarella q.b.
– sal marinho q.b.


cook-check

Preparação:

01.- Com algumas horas de antecedência, hidrate a soja em água morna temperada com sal marinho, orégãos e sumo de limão. Na hora de preparar a receita, coza a soja na mesma água do tempero, durante 3 minutos após a água levantar fervura, escorrendo depois a água e espremendo a soja. Prepare o puré de batata de acordo com as instruções da embalagem, que variam de marca para marca. Reserve.

02.- Num tacho ao lume, deite o azeite a cobrir o fundo, deixe aquecer, junte a cebola, o alho e deixe refogar. Adicione depois a polpa de tomate aromatizada, envolva e deixe cozinhar durante 3 minutos, mexendo de vez em quando.

03.- Ligue o forno a 180ºC. Adicione ao preparado do tacho, a soja já cozida, tempere com os cominhos, molho de soja, açafrão, paprika, piripiri, coentros picados, envolva tudo muito bem e deixe cozinhar, em lume brando, durante 5 minutos, a fim de a soja absorver os temperos.

04.- Num tabuleiro refractário, coloque no fundo metade do puré de batata, cubra com o preparado da soja, espalhando bem, junte o restante puré de batata e finalize polvilhando com o queijo ralado Mozzarella. Leve ao forno durante 30 minutos ou até ficar douradinho, dependendo este tempo do tipo de forno utilizado.


00-pratoprincipal

000-tempo-transp± 50′ 000-econo-transp económico 000-dific-transp fácil

Reportagem foto/slideshow/vídeo:

© Copyright Francisco Gomes. All Rights Reserved 2021
Images, texts and videos are the property of Francisco Gomes aka Apokalypsus. Video editing with Movavi Video Suite 2020 and SmartSHOW 3D. All audio tracks registered and licensed by Movavi and SmartSHOW 3D to Francisco Gomes.

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação original d’ A Cozinha do Apokalypsus.

© 23.Jun.2021


Outras Receitas

 

1 Obrigado, Thank you, merci, gracias

458: Massada de Nacos de Soja e Natas

Receita do Dia
Apokalypsus

 

Faço imensas receitas onde incluo os nacos de soja grossa, das mais variadas formas. É uma forma de substituir a carne vermelha, já que a soja contém um alto teor de proteína vegetal, isenta de tóxinas. Além disso, é mais económíca que a carne vermelha, mais rentável porque podem fazer-se variedades de receitas. Hoje, optei por uma receita de Nacos de Soja Grossa com Fusilli tricolor e natas.


ingredientes

Ingredientes:

– 250 g de fusilli tricolor
– 2 chávenas de nacos de soja grossa
– 200 ml de natas light
– 1 col. de sopa de alho picado
– 100 g de cebola em cubos
– 1 dl de polpa de tomate com manjericão e orégãos
– orégãos, cominhos e açafrão q.b.
– água
– 6 gotas de tabasco
– 1 col. de sopa de molho de soja
– sumo de limão q.b.
– azeite q.b.
– sal marinho


cook-check

Preparação:

01.- Se pretender fazer esta receita para o almoço, de véspera deite num recipiente a soja, sal marinho, orégãos, sumo de limão e cubra com bastante água morna. Se for para o jantar, prepare logo de manhã. Tem a finalidade de a soja poder absorver bem todos os temperos. Na hora, cozinhe a soja com a mesma água da demolha (hidratação). Assim que a água levantar fervura, programe 3 minutos. Com a ajuda de uma escumadeira, retire a soja para outro recipiente e leve novamente a água da cozedura ao lume.

02.- Deixe a água levantar fervura, adicione um fio de azeite, junte a massa e deixe cozer durante 9 minutos, mexendo de vez em quando. Finalizado o processo, escorra a massa, reserve-a e deite fora a água da cozedura.

03.- Num tacho ao lume, cubra o fundo com azeite, deixe aquecer, junte a cebola, o alho e deixe refogar até a cebola ficar macia. Adicione então a polpa de tomate aromatizada, mexa, tempere com os cominhos, açafrão e deixe cozinhar durante 3 minutos, mexendo com frequência.

04.- Adicione os nacos de soja (sem espremer a água da hidratação), envolva bem no refogado, tempere com o tabasco, o molho de soja e deixe cozinhar mais 3 minutos, mexendo sempre. Junte depois a massa, envolva bem, adicione as natas, misture tudo muito bem, baixe o lume e deixe cozinhar durante 3 minutos ou até as natas ficarem bem envolvidas no preparado. Retire do lume e sirva de seguida, podendo acompanhar com uma salada simples de alface temperada com sal, pimenta 5 bagas e molho de alho fresco.


00-pratoprincipal

000-tempo-transp± 40′ 000-econo-transp económico 000-dific-transp fácil

Reportagem foto/slideshow:

© Copyright Francisco Gomes. All Rights Reserved 2021
Images, texts and videos are the property of Francisco Gomes aka Apokalypsus. Video editing with Movavi Video Suite 2020 and SmartSHOW 3D. All audio tracks registered and licensed by Movavi and SmartSHOW 3D to Francisco Gomes.

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação original d’ A Cozinha do Apokalypsus.

© 21.Jun.2021


Outras Receitas

 

1 Obrigado, Thank you, merci, gracias

354: Bifes de Soja com Molho de Cogumelos

ingredientes

Ingredientes:

– bifes de soja q.b.
– 200 g de cogumelos laminados
– 200 g de cebola em cubos
– 4 dentes de alho
– sumo de limão q.b.
– orégãos q.b.
– óleo de coco ou azeite q.b.
– 1 colher de sopa de farinha Maizena
– 2 dl de leite
– 2 cenouras
– 2 colheres de sopa de molho de soja
– 100 ml de polpa de tomate aromatizada
– 100 ml de vinho branco
– salsa fresca picada q.b.
– sal marinho e pimenta de misturas q.b.

cook-check

Preparação:

01.- Coloque os bifes num recipiente com água morna, sumo limão e orégãos durante cerca de 30 minutos, no mínimo (pode deixar mais tempo. Depois disso, leve-os a cozinhar na água onde estiveram a hidratar, durante 10 minutos ou até que estejam macios. Deixe-os ficar  no tacho e reserve a água da cozedura.

02.- Num tacho ao lume, deite o óleo de coco ou azeite, deixe derreter/aquecer, junte a cebola, o alho e deixe refogar. Adicione depois a polpa de tomate, o vinho branco e deixe cozinhar durante 3 minutos, mexendo de vez em quando.

03.- Corte a cenoura às rodelas finas e adicione-as ao refogado no tacho. Junte os bifes de soja, os cogumelos e tempere com o molho de soja. Deixe estufar cerca de 20 minutos em lume médio, virando os bifes a meio do tempo,  rectificando temperos e acrescentando um pouco da água de cozer os bifes.

04.- Findo o tempo anterior, dissolva a farinha Maizena com o leite, adicione esta mistura ao tacho, envolva tudo muito bem e deixe cozinhar por mais 5 minutos, mexendo de vez em quando. Desligue o lume, tape o tacho e deixe ganhar sabor durante cerca de 10 minutos. Sirva de seguida com uma guarnição a gosto e uma salada.

00-pratoprincipal  

000-tempo-transp± 55′  000-econo-transp económico  000-dific-transp fácil

Reportagem slideshow:

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação d’ A Cozinha do Apokalypsus.

© 30.Set.2020


 

1 Obrigado, Thank you, merci, gracias

353: Pescada com Tomate e Batatas Hasselback

ingredientes

Ingredientes:

– 4 lombos de pescada
– 2 dentes de alho
– alho moído q.b.
– sumo de limão q.b.
– 200 ml de polpa de tomate aromatizada
– coentros frescos picados q.b.
– azeite q.b.
– 100 g de cebola em cubos
– paprika q.b.
– 100 g de tiras de pimentos tricolor
– 200 g de tomate em cubos
– sal marinho e pimenta de misturas q.b.

cook-check

Preparação:

01.- Descongele os lombos de pescada e depois tempere-os com sumo de limão, pimenta, alho moído e deixe marinar durante uma hora.

02.- Num tacho ao lume, deite o azeite, deixe aquecer, junte a polpa de tomate, a paprika e, de seguida, adicione o tomate, as tiras de pimento, a cebola e os dentes de alho esmagados. Deixe cozinhar, colocando uma tampa sobre a panela, durante 10 minutos.

03.- Retire a tampa da panela, coloque os lombos de pescada por cima do molho, deixe cozinhar durante 1 minuto, depois volte o peixe, cubra com a tampa e deixe cozinhar durante 12 minutos.

04.- Quando a pescada estiver cozida, polvilhe a superfície com coentros, salpique com o sumo de limão e sirva de seguida com uma guarnição de batatas Hasselback ou outra a gosto.

00-pratoprincipal  

000-tempo-transp± 30′  000-econo-transp económico  000-dific-transp fácil

Reportagem foto/slideshow/vídeo:

 

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação d’ A Cozinha do Apokalypsus, adaptada de uma receita publicada no site da Iglo.

© 27.Set.2020


 

0 Obrigado, Thank you, merci, gracias

352: Esparguete com Cogumelos e Camarão

ingredientes

Ingredientes:

– 250 g de esparguete
– 400 g de cogumelos laminados
– 250 g de miolo de camarão 100/200
– 100 g de cebola em cubos
– 1 emb. de sopa de marisco
– 50 ml de azeite
– 50 ml de polpa de tomate
– 20 ml de vinho branco
– 4 dentes de alho
– piripiri q.b.
– sal marinho q.b.
– salsa fresca picada q.b.

cook-check

Preparação:

01.– Descongele o miolo de camarão. Coza o esparguete da seguinte forma: dissolva o conteúdo da embalagem de sopa de marisco em dois litros de água e cozinhe como se fosse fazer a sopa. Quando levantar fervura, introduza o esparguete e deixe cozinhar pelo tempo mencionado na embalagem, normalmente de 7 a 9 minutos. Reserve e mantenha a massa no caldo.

02.– Num tacho ao lume, deite o azeite, junte a cebola, os alhos esmagados e leve ao lume até a cebola ficar macia.

03.– Adicione ao refogado do tacho a polpa de tomate, o vinho branco, o miolo de camarão, os cogumelos, tempere com sal,  piripiri e deixe cozinhar durante 5 minutos, mexendo de vez em quando.

04.– Vá adicionando o esparguete ao tacho e misture-o, envolvendo bem. Pode adicionar o caldo da sopa porque entretanto a massa absorveu-o quase todo.  Sirva de seguida, polvilhado com salsa a gosto.

00-pratoprincipal   

000-tempo-transp± 35′  000-econo-transp económico  000-dific-transp fácil

Reportagem foto/slideshow/vídeo:

 

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação d’ A Cozinha do Apokalypsus.

© 23.Set.2020


 

0 Obrigado, Thank you, merci, gracias

349: Ovos com Grão, Vegetais e Tomate

Ovos com grão, vegetais e tomate. Delicioso, não é? Uma receita simples, prática e económica, com a versatilidade dos ovos e do grão.


ingredientes

Ingredientes:

– 200 g de cebola em cubos
– 300 g de polpa de tomate com manjericão e orégãos
– 1 lata grande de grão-de-bico cozido
– 400 g de mistura de vegetais chineses
– 4 ovos
– 2 col. de sopa de azeite
– 1 col. de sobremesa de alho em pó
– pimenta de mistura q.b.

cook-check

Preparação:

01.- Num tacho ao lume, deite o azeite, junte a cebola e refogue durante 3 minutos. Adicione o alho em pó, a polpa de tomate e deixe ferver por mais 2 minutos.

02.- Adicione ao tacho o grão escorrido, a mistura de vegetais e um pouco de água, envolva e deixe cozinhar por mais 4 minutos.

03.- Tempere com sal, pimenta e envolva tudo muito bem.

04.- Quando levantar fervura, abra e deite os ovos por cima desta mistura, tape o tacho e deixe escalfar até os ovos estarem a gosto.

00-pratoprincipal

000-tempo-transp± 30′  000-econo-transp económico  000-dific-transp fácil

Reportagem foto/slideshow/vídeo:

 

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação d’ A Cozinha do Apokalypsus, baseada e adaptada de uma receita publicada no site Pingo Doce.

© 15.Set.2020


 

0 Obrigado, Thank you, merci, gracias

Simplesmente… Feijoada!

ingredientes

Ingredientes:

– 1 lata grande de feijão manteiga cozido
– 3 batatas
– 100 g de cebola em cubos
– 1 cubo de tempero alho & coentros
– 1 colher de sopa de alho picado
– 1 chouriço de carne
– 200 g de tomate em cubos
– 200 ml de polpa de tomate com manjericão e orégãos
– 2 cenouras
– 1 ½ dl de vinho branco
– azeite q.b.
– louro moído q.b.
– sal marinho e tabasco q.b.
– coentros frescos picados q.b.
– ovos (opcional, um por pax)

cook-check

Preparação:

01.- Tire a pele ao chouriço e corte-o em rodelas. Descasque as batatas e corte-as em cubos. Corte as cenouras em rodelas. Num tacho ao lume, deite o azeite a cobrir o fundo, a cebola, o alho, o cubo de tempero e deixe refogar até a cebola ficar macia.

02.- Junte ao refogado do tacho a cenoura, as batatas, as rodelas de chouriço e salteie mais 10 minutos, em lume médio, mexendo de vez em quando. Adicione o tomate em cubos, a polpa de tomate, o louro, e deixe cozinhar, com o tacho tapado, em lume brando, mais 5 minutos.

03.- Adicione depois o vinho branco ao tacho, mexa bem durante 1 minuto, tempere com uma pitada de sal e umas gotas de tabasco. Deixe cozinhar em lume brando, tapado, durante 10 minutos, mexendo de vez em quando.

04.- Acrescente ao preparado do tacho o feijão cozido com a calda, envolva e cozinhe em lume brando durante 5 minutos, para misturar bem os sabores, mexendo de vez em quando. Se preferir, escalfe os ovos necessários (um por pax). Retire do lume, emprate e sirva de imediato, polvilhando com coentros picados.

000-tempo-transp± 40′  000-econo-transp económico  000-dific-transp fácil

Reportagem foto/slideshow/vídeo:

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação d’ A Cozinha do Apokalypsus.

© 11.Set.2020


 

1 Obrigado, Thank you, merci, gracias

323: Massada de Soja, Pimentos e Cogumelos

ingredientes

Ingredientes:

– 250 g de massa cotovelos grandes riscados
– 2 chávenas de granulado de soja texturizada grossa
– 150 g de pimentos tricolor em tiras
– 200 g de cogumelos laminados congelados
– 1 dl de polpa de tomate com manjericão e orégãos
– 4 dentes de alho
– azeite q.b.
– 200 g de cebola em cubos
– molho de soja q.b.
– salsa fresca picada q.b.
– sal marinho q.b.

cook-check

Preparação:

01.- Num tacho ao lume, deite o azeite a cobrir o fundo, os dentes de alho esmagados, a cebola e deixe refogar até a cebola ficar macia. Adicione depois as tiras de pimentos tricolor, a polpa de tomate aromatizada e deixe cozinhar durante 3 minutos.

02.- Junte ao tacho os cogumelos, tempere com o molho de soja, envolva e deixe saltear até os cogumelos ficarem macios.

03.- Adicione então o granulado de soja bem escorrido da água, envolva e deixe cozinhar mais 5 minutos, mexendo de vez em quando.

04.- Junte ao preparado do tacho a massa previamente cozida (ou de sobras como foi o meu caso). envolva bem e deixe tomar gosto, mexendo de vez em quando, durante cerca de 3 minutos. Tape o tacho, desligue o fogão e deixe repousar um pouco, servindo de seguida.

000-tempo-transp± 30′  000-econo-transp económico  000-dific-transp fácil

Reportagem foto/slideshow/vídeo:

 

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação d’ A Cozinha do Apokalypsus.

© 04.Jun.2020


 

1 Obrigado, Thank you, merci, gracias

284: Massada com Tomate, Cogumelos e Chouriço

ingredientes

Ingredientes:

– 500 g de macarronete riscado
– 2 chouriços de carne corrente
– 100 g de cebola em cubos
– 200 g de tomate em cubos
– 100 g de juliana de legumes
– 200 g de champignons de Paris
– 3 dentes de alho
– 3 colheres de sopa de polpa de tomate (*)
– ½ dl de azeite
– 1 cubo de tempero alho e salsa
– pimentão-doce q.b.
– louro moído q.b.
– salsa fresca picada q.b.
– queijo ralado Mozzarella q.b.
– sal marinho e pimenta de misturas q.b.

(*) com manjericão e orégãos

cook-check

Preparação:

01.- Num tacho ao lume, deite o azeite, deixe aquecer, junte o cubo tempero, a cebola, alho, a juliana de legumes, os cogumelos e deixe cozinhar até a cebola ficar macia.

02.- Junte ao tacho o chouriço a que previamente foi retirado a pele e cortado em rodelas e deixe o chouriço libertar a sua gordura. Adicione ao tacho os cubos de tomate, a polpa de tomate aromatizada, tempere com sal e pimenta, baixe o lume e deixe cozinhar durante 5 minutos.

03.- Entretanto, coza a massa em água abundante, temperada com uma pitada de sal e um fio de azeite, pelo tempo mencionado na embalagem. Retire a massa do lume escorra e deite-a novamente para o tacho onde a cozeu, misturando um fio de azeite.

04.- Adicione então a massa ao preparado do tacho, o queijo ralado, envolva tudo muito bem deixando derreter o queijo e salpique com salsa fresca picada, servindo de seguida.

000-tempo-transp± 40′  000-econo-transp económico  000-dific-transp fácil

Reportagem foto/slideshow/vídeo:

 

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação d’ A Cozinha do Apokalypsus.

© 16.Fev.2020


 

0 Obrigado, Thank you, merci, gracias

281: Bifes de Soja com Molho de Cogumelos

ingredientes

Ingredientes:

– 125 g de Bifes de proteína de soja texturizada
– sumo de limão q.b.
– orégãos q.b.
– 200 g de champignons de Paris
– 200 g de cebola em cubos
– azeite q.b.
– 100 g de cenoura baby
– 2 col. de sopa de molho de soja
– 4 col. de sopa de polpa de tomate com manjericão e orégãos
– 2 col. de sopa de vinho branco
– sal marinho e pimenta de misturas q.b.

cook-check

Preparação:

01.- Coloque os pedaços de bifes de soja num recipiente com água, sumo de limão e orégãos durante duas horas, mexendo de vez em quando, a fim de hidratá-los.

02.- Num tacho ao lume, deite o azeite, deixe aquecer, junte a cebola em cubos (ou em rodelas) e deixe saltear até a cebola ficar macia. Adicione depois a polpa de tomate, o vinho branco e deixe refogar durante 5 minutos.

03.- Retire os bifes de soja da água, tempere-os com sal, pimenta, orégãos e junte-os ao tacho com a cenoura baby, acrescentando um pouco de água.

04.- Adicione ao tacho os cogumelos, o molho de soja e deixe estufar cerca de 20 minutos em lume médio, rectificando temperos se necessário. Retire do lume e sirva de seguida com uma guarnição a gosto (utilizei Veggie Bowls – Quinoa com abóbora, cenoura amarela,  brócolos, lentilhas, arroz selvagem, puré de gengibre, pimenta de caiena e ervilhas).

 

000-tempo-transp± 35′ + 120′   000-econo-transp económico  000-dific-transp fácil

Reportagem foto/slideshow/vídeo:

 

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação d’ A Cozinha do Apokalypsus, baseada e adaptada de uma receita publicada no site sapo lifestyle.

© 08.Fev.2020


 

1 Obrigado, Thank you, merci, gracias

271: Feijoada de Lulas

ingredientes

Ingredientes:

– 1 lata de feijão manteiga de conserva
– 1 kg de lulas limpas congeladas
– 200 g de juliana de legumes
– 100 g de cebola em cubos
– 4 dentes de alho
– 1 chouriço de carne corrente
– 1 dl de azeite
– 200 g de tomate em cubos
– 1 dl de polpa de tomate com manjericão e orégãos
– louro moído q.b.
– 2 dl de vinho branco
– coentros frescos picados q.b.
– flor de sal e pimenta de misturas q.b.

cook-check

Preparação:

01.- Tire a pele ao chouriço e corte-o em rodelas. Descongele as lulas em água para ser mais rápido e corte-as em argolas largas.

02.- Num tacho ao lume, deite o azeite, deixe aquecer ligeiramente, adicione a cebola e deixe refogar até ficar macia.

03.- Junta ao tacho os dentes de alho esmagados, o louro moído, o chouriço e deixe cozinhar durante 3 minutos, mexendo de vez em quando. Adicione a juliana de legumes, as lulas e tempere com flor de sal e pimenta de misturas. Junte o vinho branco, deixe evaporar, adicione o tomate em cubos, a polpa de tomate e envolva tudo suavemente. Tape o tacho e deixe cozinhar durante 20 minutos, mexendo regularmente.

04.- Adicione ao preparado do tacho o feijão branco com a calda, e deixe apanhar o sabor durante 5 minutos, mexendo frequentemente. Se necessário, rectifique os temperos, polvilhe com os coentros picados, envolva e sirva de seguida polvilhado com coentros picados. Se gostar, pode acompanhar com uma guarnição de arroz Basmati.

Notas sobre os tipos de sal existentes: Blogue Dicas p’rá Cozinha

 

000-tempo-transp± 40′  000-econo-transp económico  000-dific-transp fácil

Reportagem foto/slideshow/vídeo:

 

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação d’ A Cozinha do Apokalypsus.

© 17.Jan.2020


 

0 Obrigado, Thank you, merci, gracias

176: Feijoada com Nacos de Soja e Legumes

ingredientes

Ingredientes:

– 1 lata grande de feijão manteiga cozido
– 100 g de Nacos de Soja grossa
– 100 g de cebola em cubos
– 1 cubo de tempero alho & coentros
– 1 colher de sopa de alho picado
– 1 chouriço de carne
– 200 g de tomate em cubos
– 1 dl de polpa de tomate com manjericão e orégãos
– 200 g de cenoura baby
– 200 g de juliana de legumes
– 1 ½ dl de vinho branco
– azeite q.b.
– 1 folha de louro
– sal marinho e piripiri q.b.
– coentros q.b.
– ovos (opcional, um por pax)

cook-check

Preparação:

01.- Coloque os nacos de soja num recipiente com água temperada com sal e deixe hidratar durante 30 minutos. Tire a pele ao chouriço e corte-o em rodelas. Num tacho ao lume, deite o azeite a cobrir o fundo, a cebola, o alho, o cubo de tempero e deixe refogar até a cebola ficar macia.

02.- Junte a cenoura baby, a juliana de legumes ao refogado do tacho e deixe cozinhar durante 5 minutos, mexendo de vez em quando. Adicione depois as rodelas de chouriço e salteie mais 3 minutos, em lume médio, mexendo. Junte o tomate em cubos, a polpa de tomate, o louro, e deixe cozinhar, tapado, em lume brando, mais 5 minutos.

03.- Adicione depois o vinho ao tacho, mexa bem durante 1 minuto, deite os nacos de soja e tempere com uma pitada de sal e piripiri. Deixe cozinhar em lume brando, tapado, durante 10 minutos, mexendo de vez em quando.

04.- Acrescente ao preparado do tacho o feijão cozido com a calda, envolva e cozinhe em lume brando durante 5 minutos, para misturar bem os sabores. Se preferir, escalfe os ovos necessários (um por pax). Retire do lume, emprate e sirva de de seguida, polvilhando com coentros picados. Pode também acompanhar com uma guarnição de arroz branco (opcional).

000-tempo-transp± 40~45′  000-econo-transp económico  000-dific-transp fácil

Reportagem foto/slideshow/vídeo:

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação d’ A Cozinha do Apokalypsus.

© 14.Jul.2019



 

1 Obrigado, Thank you, merci, gracias

171: Arroz Vaporizado na Bimby

– Deixei de cozinhar mais na Bimby porque as receitas que preparo são mais adaptadas para tachos e panelas que para o robot. No entanto e salvo raras excepções, arroz e esparguete, não há como utilizar o robot para cozinhá-los porque ficam simples e impecavelmente soltos, devido ao modo como são cozinhados. Não costumo utilizar muito o Arroz Vaporizado, utilizo mais o agulha, o Thai Jasmin e o Basmati, mas ontem, na refeição que preparei e apesar de ter sido no tacho, gostei muito do sabor deste tipo de arroz, por isso, hoje testei-o no robot para saber como seria o resultado que foi excelente.


ingredientes

Ingredientes:

– 150 g de arroz vaporizado (¹)
– 800 g de água
– 20 g de azeite
– 100 g de cebola em cubos
– 2 dentes de alho
– 1 pitada de louro moído
– 2 col. de sopa de polpa de tomate aromatizado
– 1 cubo tempero para arroz
– 1 pitada de cominhos
– pimenta preta q.b.

Preparação:

01.- Coloque no copo o azeite, a cebola e os alhos e programe 7 Seg./Vel.5. Depois programe 5 Min./Temp. 100ºC./Vel. 3.

02.- Adicione ao copo a polpa de tomate com manjericão e orégãos, a água, o cubo tempero, a pimenta, o louro e programe 5 Min./Temp. 100ºC./Vel. 3.

03.- Coloque o arroz no cesto do copo e programe 15 Min./Temp. 100ºC./Vel. 4. Pelo bocal, mexa o arroz com a espátula para soltá-lo.

04.- A meio do programa anterior, adicione os cominhos através do bocal da tampa, mexa novamente o arroz com a espátula e deixe terminar. Sirva como guarnição de peixe ou carne.

000-tempo-transp± 40′  000-econo-transp económico  000-dific-transp fácil

Sem reportagem foto/slideshow/vídeo

(¹) O arroz é muito rico do ponto de vista nutricional. É uma importante fonte de hidratos de carbono, nomeadamente amido (75 a 80% do grão é constituído por amido e  10 a 11% por água). Também é rico em proteínas (100 gramas de arroz incluem 7 a 8 gramas de proteína). Fornece ao organismo ferro, potássio, fósforo, magnésio, vitamina B1, B2, B3 e B6. É rico em fibras, não tem praticamente gordura ou colesterol e não inclui glúten – é uma excelente opção para as pessoas com doença celíaca. Cada 100 gramas de arroz branco ou integral fornecem 352 quilocalorias.

Quando lava o arroz seco, antes de cozinhá-lo, parte dos nutrientes perdem-se. Não se recomenda a lavagem deste alimento, que é desnecessária. O arroz é um produto não perecível, logo, não é um bom veículo de bactérias. Além disso, é cozinhado a altas temperaturas, ou seja, se tiver algum microorganismo prejudicial à saúde, será eliminado durante a cozedura.

Cada tipo de arroz é mais indicado para determinados pratos. O carolino absorve facilmente a água e, se não tiver cuidado, pode ficar empapado. É perfeito para fazer arroz malandrinho (arroz de marisco, de tomate ou cabidela). O agulha fica muito solto e tem dificuldade em ganhar sabor, pelo que se usa em pratos como arroz de pato ou arroz árabe. O basmati e o jasmim libertam um aroma intenso e agradável, por isso são aconselhados para pratos exóticos, como paelha ou caril de gambas.

No supermercado encontra algumas variedades com a designação “vaporizado”, “estufado” ou “parboilizado”. Significam o mesmo: o arroz foi submetido a um tratamento com vapor antes de ser descascado. Isto permite que fique solto depois de cozinhado. É indicado para saladas e para pratos feitos no forno.

Há ainda o arroz pré-cozido e desidratado. Como o nome sugere, foi sujeito a uma pré-cozedura ou foi-lhe retirada a humidade. Esta opção é útil para quando precisa de cozer o arroz rapidamente.

Existe também o arroz integral e o selvagem. O primeiro demora mais tempo a cozer do que o branqueado e é mais rico em fibras, vitaminas e sais minerais. O segundo, apesar de ser chamado “arroz”, é uma erva parecida com o grão de arroz, usada em pratos exóticos.

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação d’ A Cozinha do Apokalypsus.

[vasaioqrcode]

© 06.Jul.2019



 

1 Obrigado, Thank you, merci, gracias

167: Febras de Porco de Cebolada

ingredientes

Ingredientes:

– 440 g de febras de porco cortadas finas
– 1 cebola grande
– 3 dentes de alho
– 1 cubo tempero para carne de porco
– azeite q.b.
– 4 colheres de sopa de banha de porco
– 1 dl de polpa de tomate com manjericão e orégãos
– 2 dl de vinho branco
– paprika, alho e louro moídos e tabasco q.b.
– mix de especiarias para carnes q.b.
– salsa fresca picada q.b.
– sal marinho q.b.

cook-check

Preparação:

01.- Descasque e corte a cebola em rodelas. Bata as febras com um martelo de cozinha, tempere-as depois com sal, paprika, alho e louro moídos, umas gotas de tabasco, mix de especiarias para carnes e deixe marinar, no frigorífico, umas horas antes da confecção.

02.- Na hora e num tacho ao lume, deite o azeite, a banha, o cubo tempero, a cebola, o alho picado, a salsa e deixe refogar ligeiramente. Adicione as febras, junte a polpa de tomate e regue com o vinho.

03.- Tape o tacho e deixe cozinhar, em lume brando, durante cerca de 10 minutos. Destape o tacho e envolva as febras no molho.

04.- Volte a tapar o tacho e deixe cozinhar as febras mais 15 minutos. Nos últimos 5 minutos, verifique se é necessário acrescentar um pouco de vinho. Sirva de seguida com uma guarnição a gosto (escolhi um Arroz de Açafrão com Ervas Aromáticas).

000-tempo-transp± 45′  000-econo-transp económico  000-dific-transp fácil

Reportagem foto/slideshow/vídeo:

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação d’ A Cozinha do Apokalypsus.

[vasaioqrcode]

© 30.Jun.2019



 

2 Obrigado, Thank you, merci, gracias

165: Arroz de Marisco

ingredientes

Ingredientes:

– 1 emb. (800g) de Preparado Arroz Marisco com refogado (¹)
– arroz carolino q.b.
– água q.b.
– 1 cubo tempero para marisco
– 100 g de tiras de pimentos tricolor
– 100 g de cebola em cubos
– 3 dentes de alho
– 1 dl de polpa de tomate com manjericão e orégãos
– azeite q.b.
– piripiri q.b.
– 1 dl de vinho branco
– salsa fresca picada q.b.
– flor de sal q.b.

(¹) Existem certas marcas de preparado para arroz de marisco que trazem uma bolsinha com preparado para o refogado. Para dar mais “enchimento” à receita, adicionei ½ quilo de amêijoas e 250 g de gambão argentino.

cook-check

Preparação:

01.- Retire as delicias do mar da embalagem, para serem adicionadas apenas no final.

02.- Num tacho ao lume, deite o azeite a cobrir o fundo, adicione o cubo tempero, a cebola, o alho, as tiras de pimentos e deixe refogar até amaciar a cebola. Junte depois a polpa de tomate e deixe cozinhar durante 3 minutos, mexendo de vez em quando.

03.- Adicione ao refogado o preparado de marisco, a bolsa do refogado que acompanha a embalagem, o vinho branco, tempere com a flor de sal, piripiri e deixe cozinhar durante 5 minutos, mexendo de vez em quando. Adicione a água na proporção adequada à quantidade de arroz utilizado, junte o arroz e deixe cozinhar até o arroz ficar quase cozido.

04.- Nesta altura, desligue o lume, adicione as delícias do mar, a salsa picada, envolva no preparado, tape o tacho e deixe o arroz acabar de cozer naturalmente.

000-tempo-transp± 40′  000-econo-transp económico  000-dific-transp fácil

Reportagem foto/slideshow/vídeo:

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação d’ A Cozinha do Apokalypsus.

[vasaioqrcode]

© 27.Jun.2019



 

0 Obrigado, Thank you, merci, gracias

157: Salsichas Frescas no Tacho com Cogumelos e Legumes

ingredientes

Ingredientes:

– 6 salsichas frescas de suíno (500g)
– 200 g de champignons de Paris
– 200 g de juliana de legumes
– ½ chouriço de carne
– ½ dl de azeite
– 1 cubo alho, louro e pimentão
– 100 g de cebola em cubos
– 4 dentes de alho
– 1 dl de polpa de tomate com manjericão e orégãos
– 100 g de tomate em cubos
– 100 g de pimentos tricolor em tiras
– 2 col. de sopa de salsa fresca picada
– 2 dl de vinho branco
– 6 gotas de tabasco
– sal marinho q.b.

cook-check

Preparação:

01.- Num tacho ao lume médio, deite o azeite, o cubo tempero, os dentes de alho, a cebola, a polpa de tomate aromatizada e deixe refogar ligeiramente até a cebola ficar macia. Tire a pele ao chouriço e corte-o em rodelas.

02.- Junte ao tacho a juliana de legumes, as tiras de pimentos (verde, amarelo e vermelho), o chouriço, a salsa, o tomate em cubos, os cogumelos e deixe saltear até os cogumelos ficarem macios (estes cogumelos são congelados, basta passá-los por água corrente antes de os cozinhar).

03.- Junte as salsichas previamente picadas com um palito, tempere com sal e tabasco, tape o tacho e deixe cozinhar, em lume médio, durante cerca de 5 minutos, mexendo de vez em quando.

04.- Adicione então o vinho branco, deixe estufar mais 5 minutos, sempre em lume médio e com o tacho coberto com a tampa, mexendo de vez em quando. Sirva de seguida com uma guarnição a gosto. Pessoalmente, escolhi puré de batata.

000-tempo-transp± 30′  000-econo-transp económico  000-dific-transp fácil

Reportagem foto/slideshow/vídeo:

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação d’ A Cozinha do Apokalypsus.

[vasaioqrcode]

© 15.Jun.2019



 

1 Obrigado, Thank you, merci, gracias

151: Pataniscas de Soja

ingredientes

Ingredientes:

– 2 chávenas de granulado de soja fina
– azeite q.b.
– 2 dentes de alho picados
– 1 cubo tempero alho e salsa
– 1 dl de polpa de tomate com manjericão, orégãos e alecrim
– 1 colher de sopa de molho de soja
– 150 g de farinha de trigo
– 2 ovos
– 100 g de cebola em cubos
– 2 dl de água com gás fresca
– 1 colher de sopa de salsa picada
– 1 colher de café de fermento em pó
– pimenta de misturas q.b.
– óleo para fritar

cook-check

Preparação:

01.- Demolhe a soja em água morna temperada com sal, durante 30 minutos. Depois escorra bem a água. Numa frigideira ao lume, deite um fio de azeite, alho picado, o cubo de tempero alho e salsa e deixe alourar ligeiramente. Adicione a polpa de tomate com manjericão, orégãos e alecrim e deixe refogar durante 5 minutos, mexendo de vez em quando.

02.- De seguida, junte a soja escorrida à frigideira, envolva no refogado, tempere com o molho de soja e deixe saltear durante 5 minutos, mexendo com frequência. Reserve.

03.- Num recipiente, deite a farinha, o fermento, os ovos e bata com a vara de arames. Adicione a água com gás aos poucos, mexendo sempre. Adicione o preparado da soja, junte a salsa picada, tempere com uma pitada de pimenta e envolva tudo muito bem.

04.- Leve ao lume uma frigideira com óleo abundante e deixe aquecer bem. Junte colheradas do preparado anterior e deixe fritar de ambos os lados, até as pataniscas ficarem douradas. Retire, escorra e sirva de seguida com uma guarnição de arroz malandrinho de tomate (Bimby) ou outro a gosto.

00-pratoprincipal

000-tempo-transp± 40′  000-econo-transp económico  000-dific-transp fácil

Reportagem foto/slideshow/vídeo:

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação d’ A Cozinha do Apokalypsus.

[vasaioqrcode]

© 08.Jun.2019



 

 

1 Obrigado, Thank you, merci, gracias

39: Ovos Mexidos com Chouriço e Batatas Viúva

– Em primeiro lugar, não considero uma receita mas um petisco improvisado para aqueles dias em que não me apetece preparar uma refeição mais trabalhada, por cansaço ou outras situações que fazem baixar a paciência para a cozinha. Depois, as batatas viúva, não sei qual a origem desse nome mas extraí de uma receita em espanhol que passou num vídeo publicado no Facebocas, onde entravam este tipo de batatas e apenas preparei-as do que me lembrei ter visto. Resultado: uma refeição ligeira, saborosa e sem muito trabalho.

ingredientes

Ingredientes:

– 3 ovos
– 6 batatas médias
– 1/2 dl de polpa de tomate com manjericão e orégãos
– alho moído, paprika, cominhos q.b.
– tomilho, orégãos, louro moído q.b.
– 1 chouriço de carne corrente
– margarina q.b.
– azeite q.b.
– 100 g de cebola em cubos
– 1 colher de sopa de alho picado
– 1 cubo tempero alho, louro e pimentão
– óleo para fritar q.b.
– 1 colher de sopa de salsa fresca picada
– sal marinho e tabasco q.b.

cook-check

Preparação:

01.- Descasque, lave, escorra, corte as batatas em quartos pequenos e tempere-as com sal marinho. Tire a pele ao chouriço, corte-o em rodelas e reserve. Ligue o lume com a fritadeira e deixe aquecer o óleo (não utilizei a Actifry porque levaria mais tempo, embora o resultado fosse mais saudável). Quando o óleo estiver quente, deite as batatas no cesto e deixe fritar até ficarem lourinhas. Escorra-as, coloque-as numa travessa com papel de cozinha absorvente e reserve.

02.- Num wok ao lume com azeite, junte o cubo tempero, o alho, a cebola, a salsa e deixe refogar até a cebola ficar macia. Adicione depois a polpa de tomate, envolva e deixe cozinhar durante 3 minutos. Tempere com as ervas aromáticas e as especiarias e mexa muito bem para envolver.

03.- Junte ao wok as batatas fritas, envolva no refogado e deixe tomar sabor durante 3 minutos, em lume brando, mexendo de vez em quando. Entretanto, coloque ao lume uma frigideira com a margarina, deixe derreter, adicione os ovos previamente batidos e temperados com sal, as rodelas de chouriço e mexa até os ovos ficarem num ponto semi-sólido.

04.- Retire os ovos da frigideira para o prato, junte as batatas viúva e saboreie este petisco simples que serve como refeição principal.

000-tempo-transp± 30′ 000-econo-transp económico 000-dific-transp fácil

Reportagem foto/vídeo:

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação Apok@lypsus.

[vasaioqrcode]

© 18.Jan.2019

1 Obrigado, Thank you, merci, gracias

38: Nacos de Soja com Grão e Feijão-verde

ingredientes

Ingredientes:

– 2 chávenas de nacos de soja grossa
– 1 lata de grão-de-bico cozido
– 200 g de feijão-verde
– 200 g de cenoura baby
– 1 cubo tempero alho, louro e pimentão
– 100 g de cebola em cubos
– 1 colher de sopa de alho picado
– 3 colheres de sopa de azeite
– 2 colheres de sopa de molho de soja
– tomilho, cominhos e paprika em pó q.b.
– 1 dl de polpa de tomate com manjericão e orégãos
– salsa fresca picada e pimenta branca q.b.

cook-check

Preparação:

01.- Num recipiente, ponha os nacos de soja em água morna, temperada com sal, durante 30 minutos. Coza o feijão-verde e a cenoura-baby em água temperada com sal durante 9 minutos depois de levantar fervura.

02.- Num tacho ao lume, deite o azeite, junte a cebola, o alho, o cubo tempero e deixe refogar até a cebola ficar macia. Adicione a soja escorrida, a polpa de tomate, o tomilho, os cominhos, tempere com o molho de soja e deixe cozinhar durante 5 minutos, mexendo de vez em quando.

03.- Adicione ao preparado do tacho o feijão-verde, o grão com a calda, a paprika, a pimenta, envolva tudo muito bem e deixe cozinhar durante 5 minutos, com o tacho tapado, mexendo de vez em quando.

04.- Retire do lume e sirva de seguida, polvilhando com salsa fresca picada.

000-tempo-transp± 30′ 000-econo-transp económico 000-dific-transp fácil

Reportagem foto/vídeo:

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação Apok@lypsus.

[vasaioqrcode]

© 17.Jan.2019

1 Obrigado, Thank you, merci, gracias

36: Bifanas no Prato

– Faz hoje 53 anos que nasceu um bebé lindo, carequinha, com uma penugem loura na cabeça. Esse bebé cresceu e hoje é uma mulher linda. Pai babado tem de ser assim, Pena que a situação se encontre abaixo da linha vermelha, quer em saúde, quer orçamental, quer em disposição. Já não se encontra entre nós quem, neste dia, ajudava a alegrar a festa de Aniversários cá de casa. Vou fazer um Bolo de Aniversário, o mais simples possível e logo serão apagadas as velas dos 53 anos. Parabéns Vera!

ingredientes

Ingredientes:

– 500 g de bifanas de porco
– 1 colher de sopa de azeite
– 1 colher de chá de óleo
– 1 colher de sopa de alho picado
– 1 colher de chá de pimentão doce
– 1 cubo tempero alho, louro e pimentão
– 1 colher de sopa de polpa de tomate com manjericão e orégãos
– mostarda q.b
– vinho branco q.b.
– 2 folhas de louro
– 1 colher de sopa de margarina
– sal e pimenta de misturas q.b.

cook-check

Preparação:

01.- Tempere as bifanas umas horas antes da preparação com sal, pimenta, louro, alho, azeite e vinho branco.

02.- Numa frigideira ao lume, deite o azeite, o óleo, o cubo tempero e deixe aquecer em temperatura baixa. Junte o alho, o pimentão, a polpa de tomate, o vinho e deixe cozinhar durante 2 minutos, mexendo sempre até levantar fervura.

03.- Depois de levantar fervura, baixe um pouco o lume, coloque as bifanas na frigideira com a marinada. frite-as dos dois lados até estarem tenras.

04.- Quando estiverem quase prontas, adicione uma colher de sopa de margarina ao molho e mostarda a gosto, envolvendo bem. Acompanhe com uma guarnição de batatas fritas ou outra a gosto (apliquei Batatas Croquete no forno).

000-tempo-transp± 25′ 000-econo-transp económico 000-dific-transp fácil

Reportagem foto/vídeo:

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação Apok@lypsus.

[vasaioqrcode]

© 16.Jan.2019

1 Obrigado, Thank you, merci, gracias

Arroz de Marisco… sem Marisco

– Nos tempos conturbados que correm para quem tem um orçamento extremamente reduzido não só pelo alto custo de vida, como pelo pagamento de impostos ao Estado extremamente exorbitantes, num pleno assalto aos seus baixos rendimentos, devido a políticas que continuam a favorecer os ricos e a arruinar ainda mais os pobres, fazer um Arroz de Marisco sem Marisco é obra natural para estas situações. E não é por este Arroz não ter Marisco que não ficou menos delicioso.


ingredientes

Ingredientes:

– 1 emb. 1,2,3…Sabor Arroz de Marisco
– 220 g de arroz agulha
– 100 g de cebola em cubos
– 1 colher de sopa de alho picado
– 1 cubo tempero alho e coentros
– azeite q.b.
– 600 ml de água
– 50 g de mix de pimentos verdes/vermelhos em tiras
– 1 dl de polpa de tomate com manjericão e orégãos
– 1 colher de sopa de coentros frescos picados
– 4 unidades de Delícias do Mar
– piripiri q.b.

Preparação:

01.- Num tacho ao lume, cubra o fundo com azeite, junte a cebola, o alho, o cubo tempero, os coentros e deixe refogar até a cebola ficar macia.

02.- Adicione ao tacho as tiras de pimentos, a polpa de tomate, a água, o pacote 1,2,3… Sabor Arroz de Marisco, tempere com piripiri e deixe levantar fervura, mexendo de vez em quando.

03.- Junte ao tacho o arroz, as delicias do mar cortadas em pedaços com um centímetro, envolva e deixe cozinhar durante o tempo necessário até o arroz ficar bem cozido. Estes tempos variam de acordo com o fogão ou placa de indução utilizados. Convém mexer repetidamente para o arroz não pegar. Se necessário, acrescentar água quente durante a fase final, se o arroz ainda estiver rijo.

04.- Desligue o lume ou a placa, tape o tacho e deixe em repouso durante 5 minutos. Sirva de seguida como guarnição de peixe ou carne, no meu caso, para um Gratinado de Peixe com Ervas Aromáticas.

000-tempo-transp± 40′ 000-econo-transp económico 000-dific-transp fácil

Reportagem foto/vídeo:

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação Apok@lypsus.

[vasaioqrcode]

© 15.Jan.2019

1 Obrigado, Thank you, merci, gracias

27: Feijoada com Cubos de Pota e Camarão

ingredientes

Ingredientes:

– 1 lata grande de feijão manteiga cozido
– 500 g de Tiras de Pota
– 250 g de miolo de camarão 100/200
– 100 g de cebola em cubos
– 1 cubo de tempero alho & coentros
– 1 colher de sopa de alho picado
– 1 chouriço de carne
– 200 g de tomate em cubos
– 1 dl de polpa de tomate com manjericão e orégãos
– 200 g de cenoura baby
– 1 ½ dl de vinho branco
– azeite q.b.
– 1 folha de louro
– sumo de limão q.b.
– sal e piripiri q.b.
– coentros q.b.
– ovos (opcional, um por pax)

cook-check

Preparação:

01.- Descongele as tiras de pota e corte-as em cubos pequenos. Tempere-as com sal, pimenta e sumo de limão. Tire a pele ao chouriço e corte-o em rodelas. Num tacho ao lume, deite o azeite a cobrir o fundo, a cebola, o alho, o cubo de tempero e deixe refogar até a cebola ficar macia.

02.- Junte a cenoura baby, o miolo de camarão ao refogado do tacho e deixe cozinhar durante 5 minutos, mexendo de vez em quando. Adicione depois as rodelas de chouriço e salteie mais 3 minutos, em lume médio, mexendo. Junte o tomate em cubos, a polpa de tomate, o louro, e deixe cozinhar, tapado, em lume brando, mais 5 minutos.

03.- Adicione depois o vinho ao tacho, mexa bem durante 1 minuto, deite os cubos de pota e tempere com uma pitada de sal e piripiri. Deixe cozinhar em lume brando, tapado, durante 10 minutos, mexendo de vez em quando.

04.- Acrescente ao preparado do tacho o feijão cozido com a calda, envolva e cozinhe em lume brando durante 5 minutos, para misturar bem os sabores. Se preferir, escalfe os ovos necessários (um por pax). Retire do lume, emprate e sirva de imediato, polvilhando com coentros picados. Pode também acompanhar com uma guarnição de arroz branco.

000-tempo-transp± 45′ 000-econo-transp económico 000-dific-transp fácil

Reportagem foto/vídeo:

Nota do Apok@lypsus:

– Uma preparação Apok@lypsus.

[vasaioqrcode]

© 04.Jan.2019

3 Obrigado, Thank you, merci, gracias